PLACAR

Bia repete semi com 10ª vitória da carreira sobre top 10

Foto: Mubadala Abu Dhabi Open

Abu Dhabi (Emirados Árabes) – Semifinalista do WTA 500 de Abu Dhabi no ano passado, Beatriz Haddad Maia defendeu os pontos conquistados na edição de 2024. Nesta sexta-feira, ela se garantiu na penúltima rodada do torneio ao bater a tunisiana Ons Jabeur, cabeça de chave número 2, com parciais de 6/3 e 6/4, depois de 1h33 de confronto.

Após vencer os dois primeiros duelos entre elas, um deles em um ITF em 2016 e outro no saibro de Stuttgart em 2023, Jabeur foi superada nos dois últimos. Além da derrota desta sexta, ela também perdeu para Bia nas quartas de final de Roland Garros, no ano passado. Esta foi a décima vitória da paulista sobre uma top 10.

Derrotada na semi de 2023 em Abu Dhabi pela suíça Belinda Bencic, que depois sagrou-se campeã, a número 1 do Brasil e 13 do mundo tenta agora dar um passo além no torneio. Ela espera agora pela vencedora do duelo entre a russa Daria Kasatkina e a romena Sorana Cirstea.

Bia começou a partida enfrentando um break-point logo no primeiro game, mas se salvou e depois disso não foi mais ameaçada até o final do primeiro set. Em um confronto bastante equilibrado, a brasileira aproveitou muito bem a primeira chance de quebra que teve, batendo o saque de Jabeur no quarto game para depois apenas administrar a vantagem até o final e largar na frente.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Na segunda parcial, a canhota paulista teve um início mais promissor e venceu os dois primeiros games da disputa, com uma quebra logo no primeiro game. Porém, a tunisiana cresceu e respondeu no quarto game devolvendo o break. Ao sentar na virada do sétimo para o oitavo, Jabeur mostrou desconforto físico, mas seguiu em quadra.

A tunisiana voltou mais limitada para a partida, viu a rival confirmar de zero no oitavo game e no nono acabou levando a quebra. Sacando em 5/4 para fechar, Bia teve trabalho, saiu de 15-40 e salvou dois break-points para ter seu primeiro match-point. Ela não converteu e ainda enfrentou outra chance de quebra até enfim selar sua vitória.

Bia terá um sábado movimentado pela frente, uma vez que além da semifinal de simples, ainda com adversária a ser definida, ela também joga a semi de duplas. Ela e a também paulista Luísa Stefani enfrentam as norte-americanas Bethanie Mattek-Sands e Sofia Kenin para ver quem chega na final.

 

51 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
4 meses atrás

Parabéns Beatriz Haddad Maia. Bela vitória e defesa dos pontos conquistados em 2023. Grande feito. E terá boas chances na semifinal.

Andre Borges
Andre Borges
4 meses atrás

10 vitórias sobre top10, nada mal…..

Leo, o realista
Leo, o realista
4 meses atrás
Responder para  Andre Borges

Não vale de nada isso se não ganhar grandes títulos. São apenas dados

André Borges
André Borges
4 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Verdade, vc tem razão. Deixa eu dar uma olhada nos seus dados, onde encontro?

Evandro
Evandro
4 meses atrás
Responder para  André Borges

Você os encontra no consultório do Sadi(CO), que aliás tá sumidão

Leo, o realista
Leo, o realista
4 meses atrás
Responder para  André Borges

Se precisa de “dados” para comentar, você também não deveria escrever.
Comentadores da TV não vão mais poder trabalhar, já que precisa ter números melhores para poder falar. Só o Guga vai poder comentar algo.
É cada argumento tosco que a gente vê nos fanáticos de tênis…

Nelson Freire
Nelson Freire
4 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Como é? Não precisa “dados” para comentar? Vc, Léo (o unha encravada dos comentários) é que tem algo mais relevante que dados para comentários: Seu palpite de boteco. Sério?

André Aguiar
André Aguiar
4 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Prezado autodenominado ‘realista’, quando a Bia perde, você costuma analisar o jogo e destacar as falhas: saque ruim, slice péssimo, muitos enf, mental de juvenil. Porém, quando ela vence, os seus comentários resumem-se a desqualificar a adversária, mesmo que seja top 10, ou dizer que o que vale é o título e só o título. Para fazer jus a sua alcunha, deveria também analisar o jogo da brasileira nas vitórias. Hoje, por exemplo, o que achou do seu saque? E dos golpes de fundo? Voleios? Variação? Mental?

Eduardo
Eduardo
4 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Hahahahaha que sujeito

Rodrigo Lightman
Rodrigo Lightman
4 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Pelo menos ele foi realista

Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
4 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Você tem até o direito de expressar a sua opinião livremente, difícil mesmo é você convencer a si próprio da grande asneira que está falando, sem comentários…

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
4 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

O que eh um grande titulo para vc? Somente Slam e Finals? se fosse assim o Slam deveria te 8 jogadores, talvez 16, como pretendentes, as outras 148 nem deveriam estar lah? pra que serviriam os dados de itf 15, 25, 125, depois atp 250, 500 ou 1000, se sao apenas dados, entao nao existiria ranking??? O seu realismo eh tao grande que ateh vc acredita nele.. ou seria ao contrario, ele te derruba. Me responde simplesmente os seus apenas dados sao importantes para vc no seu trabalho ou no seu negocio??? Me diga as tenistas top five do Brasil ate hj , e se adicionarmos os homens os top ten???

Rafael Azevedo
Rafael Azevedo
4 meses atrás

Vamos, Bia!!!
Dá pra vencer esse torneio!

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
4 meses atrás

Belíssima vitória da Bia. 10º vitória contra uma TOP10, somente Guga conseguiu mais que isso. Fazendo história.

Fabio
Fabio
4 meses atrás

Vamos Bia, tá embalada bora ganhar esse torneio, que orgulho dessa menina…

Fernando S P
Fernando S P
4 meses atrás

Na Race de 2023, a Bia terminou a semana em #22 com 350 pontos. Hoje já está com 361 (491 e 666 são os outros resultados possíveis ao final do torneio). No momento, está em #19 no acumulado do ano.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
4 meses atrás

Parabéns Beatriz Haddad Maia, a Bia que nos dá orgulho não só agora, mas a 6, 7 anos quando mostrou onde queria chegar , com luta, técnica e step by step. PArabéns mesmo , sei que vai ficar aí no top 20 por uns 3 a 5 anos pelo menos.. pra calar os críticos.

Walter
Walter
4 meses atrás

Que vitoria da bia consistência show

Marcelo Oliveira
Marcelo Oliveira
4 meses atrás

Grande Bia! Como é bom ver uma brasileira que, a despeito da estrutura precária para o esporte no nosso país, se sobressai e bate de frente com grandes nomes, como Jabeur. Sou fã demais! E acredito que o melhor ainda estar por vir!

Bukele
Bukele
4 meses atrás

Bia imperou em cima da Jabeur, a tunisiana não conseguiu fazer nada. Segunda semi de WTA 500 da carreira, vamos ver agora se ela derrota Kasatkina ou Cirstea e chega numa final inédita, está mostrando ter toda a condição pra isso.

Junny César
Junny César
4 meses atrás
Responder para  Bukele

Acho que é a 3° semi de WTA500: eastbourne22 (aquela hora na grama, logo após os 2 títulos de 250) e Abu Dhabi no ano passado e agora.

Marlon
Marlon
4 meses atrás

Mais um resultado GIGANTE! Vamos Biaa!

Beto_poa
Beto_poa
4 meses atrás

ABU DHABIA !!!!! chances de pegar 2 finais amanha.

Caetano
Caetano
4 meses atrás

jogou muito!! Parabens Bia!!

Fã D+
Fã D+
4 meses atrás

kkkkkkkkk que depois tem gente que diz que a mulher é fraca. Putz! Bia, voce é monstruosa, senão gigante. Pare de ganhar de top 10 porque isso dá nos nervos de muita gente

João Cesar pavan
4 meses atrás

Ótimo jogo da bia,parece estar mais
Tranquila,concentrada,isso traz mais
confiança a ela para medir forças comas top 10.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
4 meses atrás

Grande Bia, orgulho do tênis brasileiro!!!

André
André
4 meses atrás

Bia jogou muito , as poucas vezes que foi a rede dessa vez trouxeram resultado, soube a a hora de subir, e o saques cada vez mais fazendo diferença, parabens !!!

Ubiratan (Black)
4 meses atrás

Valeu, Bia! jogou muito!
Dominou o 1S, mão pesada, segurando a trocação, firme. No 2S Jabeur subiu o nível mas Bia ficou lá.
Teve o problema físico da Jabeur! vi que ela alguns games antes, no saque de Bia, ao caminhar pra sua posição deu uns pulinhos com as duas pernas e só com a perna direita. Mas ela nao diminuiu em nada o seu jogo! sacou muito bem, aces, winners, aquelas paralelas. Então, foi preciso continuar jogando muito bem para ganhar o jogo, e Jabeur errando devido a mão pesada de Bia que forçava muito no fundo e com angulacoes. Grande jogo de Bia.
Os pontos da SF resolvido, agora é esperar provavelmente a Kasatkina que é uma jogadora bem regular, muitas vezes chegando em QF, SF e Final, mas sem ganhar os torneios. Está ali atrás no cangote de Bia no ranking, então, se for ela vamos pará-lá agora.
Vai, Bia! sou mais você, vamos pra final.

Jorge Luiz
4 meses atrás

Sensacional Bia, orgulho do Brasil

Albert
Albert
4 meses atrás

Isso, Bia, cala a minha boca e estraçalha as adversárias. Leva esse caneco e eu fico 2 meses sem criticar. Mas foi uma bela vitória. Parabéns.

Neto
Neto
4 meses atrás

Espetacular! E fez um jogo mais rápido. Vamos!!

Thiago
Thiago
4 meses atrás

Hoje sim, jogo condizente com suas capacidades. Infinitamente melhor que contra Linete. Se jogar assim, tem tudo pra fazer final e levantar o caneco. Força Bia!

Leo, o realista
Leo, o realista
4 meses atrás

Como eu disse antes, a Bia venceria.
A Jabeur está numa fase terrível fqz tempo, e ainda sentiu lesão, então resultado normal.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
4 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

o que vc iria falar se a Bia perdesse? vc viu o jogo? Vc se diz realista e gosta de analisar, fale do jogo da Bia.

Rogério Falco
Rogério Falco
4 meses atrás

Bravo! Parabéns Bia.

André Borges
André Borges
4 meses atrás

Dalcim, já podemos dizer com toda tranquilidade que maior que a Bia só Guga e MEB, né?

José Nilton Dalcim
Admin
4 meses atrás
Responder para  André Borges

Não gosto de comparações sobre coisas diferentes, André. Porque não poderíamos menosprezar os resultados espetaculares de Thomaz Koch quando o tênis ainda não era profissional. De qualquer forma, Bia é sem dúvida uma das maiores que já tivemos. E ainda tem muito, muito chão pela frente.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
4 meses atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Concordo com vc Dalcim, vi Koch e Mandarino jogarem, assim como nao podemos desprezar os jogadores de duplas ,Melo e Soares e agora Stefani e Rafa que nao sabemos onde vao chegar , mas ganharam um 1 Slam

José Nilton Dalcim
Admin
4 meses atrás
Responder para  Haroldo Guimaraes

Bem lembrado, Haroldo. Duplas são muito diferentes de simples, claro, mas os dois ganharam Slam e o Melo foi número 1. São façanhas notáveis.

CARLOS ALBERTO RIBEIRO DA SILVA
CARLOS ALBERTO RIBEIRO DA SILVA
4 meses atrás

Os haters nunca surpreendem. Sempre diminuem as vitórias dos seus perseguidos alegando má fase ou lesão do adversário, e quando os perseguidos perdem aí eles se deliciam, E parece que não têm uma visão de longo prazo também. Os feitos da Bia valem muito sim, pra motivar as novas gerações. Mostram que se a Bia está conseguindo, outras brasileiras e outros brasileiros também podem conseguir.

Fabio H
Fabio H
4 meses atrás

São seres frustrados …

Ubiratan (Black)
4 meses atrás
Responder para  Fabio H

Totalmente! seres rastejantes que se alimentam de sobras que Bia deixa cair lá de cima. Como se diz, também são filhos de Deus e precisam de alguma alegria. Bia cumpre também essa caridade.

Evandro
Evandro
4 meses atrás

Falta originalidade e sobra recalque. Bia é nossa principal referência esportiva hoje. Talvez, a Rebeca Andrade se equipare. Ela será, certamente, top 5 na lista das celebridades brasileiras nos Jogos de Paris. Güenta, haters!

Gustavo
4 meses atrás
Responder para  Evandro

Amigo sou fã da Bia. A Rebeca no esporte dela é a 1 do mundo. E ganhou olimpíadas (slam dela). Calma

Ze W
Ze W
4 meses atrás

Parabéns, Bia. Continue evoluindo e jogando por você mesma e sua equipe.

Brasileiro precisa aprender a apreciar o esporte e torcer sem se achar no direito de cobrar alguma coisa. As vitórias são dela e as derrotas também.
Gostamos muito de vê-la vencendo e ficamos decepcionados quando perde, mas ela não deve nada à torcida só por ser brasileira.

Márcio
Márcio
4 meses atrás

Bia venceu e convenceu!! Ons não conseguiu fazer quase nada!! Jogaço na próxima rodada!!! Vamoooooo!!

Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
4 meses atrás

Bia fez sem dúvida sua melhor partida no torneio, oscilou menos, sacou um pouco melhor, e comprova definitivamente, que seu jogo cresce quando enfrenta grandes tenistas do circuito. Ons Jabeur está numa fase muito oscilante, e mesmo tendo muito talento, perde pela segunda vez consecutiva para BIA. Bia tem o retrospecto positivo contra Kasatkina, tem chance de chegar a a final, principalmente, se jogar no mesmo nível que jogou hoje. Vamos torcer muito…

NFdS
NFdS
4 meses atrás

Elevou o nível em relação ao jogo anterior.
Saque mais afiado, sem erros grosseiros (ao contrário, empurrou a Jabeur para os erros).
Curioso é que ela repete o roteiro do torneio do ano passado: jogo sofrido na segunda rodada (3 sets, com direito a tie no último, contra a Putintseva) e vitória sobre top 10 nas quartas (virada sobre a Rybakina).
Esperamos que não caia na semifinal agora foi pra Bencic). Kasatkina é freguesa, dá pra passar.
Vqv!

Paulo A.
Paulo A.
4 meses atrás

Bia maravilhosa, orgulho nacional! E quem apostou nela se dando muito bem!! Amanhã um jogo bem ganhável se jogar como hoje…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE