PLACAR

Bia leva virada e também se despede das duplas em Miami

Foto: Juarez Santos

Miami (EUA) – Eliminada na terceira rodada de simples no WTA 1000 de Miami, a paulista Beatriz Haddad Maia também não se deu bem nas duplas. Neste domingo, ela e a norte-americana Taylor Townsend não conseguiram fazer valer a condição de cabeças de chave 6 e perderam de virada para as também norte-americanas Asia Muhammad e Alycia Parks, com parciais de 2/6, 6/4 e 13-11.

A partida começou favorável para Bia e Townsend, que foram bem superiores no primeiro set. Elas tiveram chances de quebra em três dos quatro games de serviço das rivais, deixaram escapar um break-point no terceiro e converteram dois, um no quinto e outro no sétimo, para fazer 6/2 e fechar a parcial sem grande dificuldade.

Só que o jogo ficou mais parelho no segundo set, em que Bia e Townsend chegaram a ter um break de vantagem, sacando para fazer 5/3, mas então não apenas foram quebradas de volta, como também não pontuaram mais. Muhammad e Parks bateram o saque da paulista e da norte-americana outra vez, saindo de 3/4 para fazer 6/4 e assim empatar o jogo.

Veio então um match-tiebreak nervoso para definir quem avançaria para próxima rodada. Bia e Townsend chegaram a abrir 5-2, mas empacaram e viram a dupla da casa reverter a situação para abrir 9-7 e ter dois match-points, um deles com o saque, que acabaram desperdiçados por Muhammad e Parks.

As norte-americanas então tiveram um match-point contra e mais um a favor, ambos não convertidos, até que na quarta oportunidade de fechar, Muhammad e Parks finalmente venceram o ponto e garantiram a vaga para a próxima fase, em que terão pela frente a japonesa Shuko Aoyama e a sérvia Aleksandra Krunic.

Ingrid perde apenas três games e estreia com boa vitória

23 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Blumenau Coleções
25 dias atrás

Quem diria que íamos acabar torcendo só pela Ingrid no feminino, eita decepção da Bia e da Stefani.

Blumenau Coleções
25 dias atrás

Volta pra casa Bia, vem descansar a cabeça que você lucra mais.

Blumenau Coleções
25 dias atrás

Que fase ruim da Bia, pelamordedeus!!!!

Jorge Luiz
Jorge Luiz
25 dias atrás

Que faaaase

Blumenau Coleções
25 dias atrás

A Bia precisa urgente de um profissional pra resolver o problema de saque dela, está horrível, pavoroso.

Gisele Matias
Gisele Matias
25 dias atrás

Esses ano tá complicado

Osvaldo Lara Senior
Osvaldo Lara Senior
25 dias atrás

inacreditable.

Scott
Scott
25 dias atrás

Nem nas duplas? Filme de terror!

Adalberto
Adalberto
25 dias atrás

Olhando a Azarenka jogar aos 34 anos, fiquei pensando que a Bia não precisa se desesperar, pois mesmo que ela jogue ate os 32 anos anda pode jogar de 200 a 250 partidas de tênis!
Então, nada de desespero e vamos à luta!
– Próximo!
VQV BIA!

o realista
o realista
25 dias atrás
Responder para  Adalberto

Acho uma comparação descabida. Nao da levar no pe da letra o destino de ambas. A Azarenka foi muito acima da Bia no seu auge. Semifinalista nos 4 slams. 5 finais de slam.

Thiago Silva
Thiago Silva
25 dias atrás
Responder para  Adalberto

Da nem pra comparar as duas, a Azarenka já foi número 1, venceu slams, wta 1000 e chegou em mais um monte de finais, a Bia agora quase aos 30 anos que foi chegar no Top 10, na idade da Azarenka se ela tiver no top 200 é muito.

André Aguiar
André Aguiar
24 dias atrás
Responder para  Thiago Silva

Amigo, desculpe, mas você está forçando a barra.
A Bia alcançou o top 10 quando recém tinha completado 27 anos, o que não é propriamente quase 30, como você disse.
Com relação ao seu prognóstico sombrio acerca da tenista brasileira, cito como exemplo a Leslie Tsurenko. Ganhou 4 títulos de menor expressão, teve como melhor ranking a 23ª colocação e hoje mantém-se no top 40, aos 34 anos. Por que a Bia, que não é pior do que a ucraniana foi aos 27 anos, seria no máximo 200 do mundo daqui a 7 anos? Isso parece mais torcida do que análise.

Paulo Mala
Paulo Mala
25 dias atrás

Deprimente.
Terminou muito bem o último torneio do ano passado e ainda não voltou para as quadras.

Zeca
Zeca
25 dias atrás

Pra mim a Bia melhorou sim na catimba…..toalha, escolha de bola, etc….de resto normal…. movimentação ruim….teve sorte antes decorrente aos sorteios

Andy Schmid
Andy Schmid
25 dias atrás

É, o combustível tá acabando. Quase 1000 pontos pra defender nos próximos meses. A verdade será restabelecida e o senescal perfumado reinará. 44 38 72. Salgueiro. Não há erro.

F.F.
F.F.
25 dias atrás
Responder para  Andy Schmid

Fato

Geraldo
Geraldo
25 dias atrás

A Bia não precisa provar mais nada, 3 titulos de simples 7 de duplas, semi de GS e top 10 no curriculum,… mas se a Bia quiser mais e eu acho que ela esta motivada a querer, precisa urgentemente agradecer (Sem ironia! é agradecer mesmo) ao Rafael e procurar um outro treinador que possa agregar mais “ferramentas” a Bia, do jeito que esta vai ser complicado voltar ao top 10.

Wilton Bernardes
Wilton Bernardes
25 dias atrás
Responder para  Geraldo

se isso é um belo curriculo, ela ja pode aposentar então.
Brasileiro só passa a mão na cabeça dos caras, por isso nao crescem.
“nao precisa provar mais nada” que coisa mais ridicula .

NFdS
NFdS
25 dias atrás
Responder para  Geraldo

Eu sinceramente acho que o problema não é o técnico. As limitações são da Bia. Com certeza, o técnico sabe o que ela deve fazer, mas ela não responde. E outra coisa: ela está mentalmente desequilibrada, no início do segundo set, nessa última derrota, ela estava chorando. Muito jogo pela frente ainda mas ela já estava entregue.
Mas mesmo com suas evidentes limitações ela pode ainda se manter num bom ranking, pois o tênis feminino é muito instável, as meninas fazem uma ou duas semanas ótimas e depois vem uma sequência de derrotas em primeiras rodadas. Tudo normal, e segue o jogo.

Paulo Mala
Paulo Mala
25 dias atrás
Responder para  Geraldo

Não acho um belo currículo… é um currículo pequeno como o do Bellucci. Alguns tenistas conseguem essas conquistas dos em 1 ano.
Mas o fato é que ganhou bastante dinheiro.
Mas concordo que precisa mudar coisas como o treino, pois sem evoluir não volta para onde chegou. As outras jogadoras evoluem e tem muitas tenistas jovens escalando o ranking.

F.F.
F.F.
25 dias atrás

Partiu beach tennis

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  F.F.

Ou padel.

Roberto
Roberto
25 dias atrás

A troca de técnico é algo normal em qualquer modalidade de esporte, e não é diferente no Tênis. Observem a evolução da Sakkari, e também da Pegula. Será que a Bia não está percebendo isso?

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE