PLACAR

Bia estreia contra italiana e tem Sabalenka nas oitavas

Foto: Mike Lawrence/USTA

Pequim (China) – A paulista Beatriz Haddad Maia conheceu nesta sexta-feira sua chave no WTA 1000 de Pequim. Cabeça de chave 15 na competição, a número 1 do Brasil vai abrir campanha diante da italiana Jasmine Paolini, de 27 anos e atual 37 do mundo, que levou a melhor sobre Bia na única vez que se enfrentaram até então, em 2016 nas quartas em Clermont-Ferrand.

Quem passar da estreia terá pela frente a vencedora do duelo entre a belga Elise Mertens e a tenista da casa Yue Yuan. Se conseguir alcançar as oitavas de final, Bia tem tudo para cruzar com a atual número 1 do mundo, a bielorrussa Aryna Sabalenka, que tem uma primeira rodada bastante difícil contra a norte-americana Sofia Kenin, cruzando em seguida com a vencedora do duelo de qualis.

Neste quadrante também estão alguns nomes de peso como o da tcheca Barbora Krejcikova e o da cazaque Elena Rybakina. Além delas, também aparece neste pedaço da chave a russa Anastasia Pavlyuchenkova, que está nas semifinais do WTA 500 de Tóquio e por isso ganhou um ‘bye’ de desempenho, entrando direto na segunda rodada.

Outra beneficiada por essa regra, que irritou Rybakina em Tóquio, é a norte-americana Jessica Pegula, cabeça de chave 4, que tem em seu quadrante rivais do calibre da letã Jelena Ostapenko, da tcheca Petra Kvitova, da russa Ludmila Samsonova e da tunisiana Ons Jabeur.

A grega Maria Sakkari e a russa Veronika Kudermetova também ganharam o ‘bye’ de desempenho por irem longe em Tóquio, ambas caindo no mesmo quadrante, que tem também a russa Daria Kasatkina e a norte-americana Coco Gauff como outras cabeças de chave e principais concorrentes na briga por uma vaga nas semifinais.

Ex-número 1 do mundo, a polonesa Iga Swiatek lidera a parte de baixo da chave, podendo cruzar com Gauff e as demais em uma eventual semi. Os principais obstáculos para ela alcançar a penúltima rodada são a bielorrussa Victoria Azarenka, a francesa Caroline Garcia e a tcheca Marketa Vondrousova.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE