PLACAR

Bia estreia às 21h desta segunda em Guadalajara

Foto: Guadalajara Open AKRON

Guadalajara (México) – Depois de ter alcançado as quartas de final em San Diego na última semana, Beatriz Haddad Maia estreia nesta segunda-feira no WTA 1000 de Guadalajara. A número 1 do Brasil e agora 18ª do ranking enfrenta a norte-americana Danielle Collins, 34ª colocada, a partir das 21h (de Brasília).

Assim como Bia fez na semana passada, Collins também vem de boa campanha. Ela foi semifinalista de simples e vice nas duplas em San Diego. Ambas foram superadas pela mesma jogadora, a campeã Barbora Krejcikova. Será a segunda aparição da paulistana no torneio, disputado a uma altitude de aproximadamente 1.500m e com uso de bolas mais pesadas.

Nomes como Victoria Azarenka, Sofia Kenin e também estarão em quadra. A segunda-feira já terá algumas partidas de segunda rodada. Ainda durante a tarde, a tcheca Karolina Pliskova enfrenta a norte-americana Hailey Baptiste. Na sequência, a cabeça 7 russa Veronika Kudermetova estreia contra a canadense Eugenie Bouchard. Já a estreia de Belinda Bencic será à noite contra a Taylor Townsend.

Confira a programação desta segunda-feira em Guadalajara.

Estadio Akron – 14h
Robin Montgomery (EUA) vs. [10]Victoria Azarenka
[16]Karolina Pliskova (TCH) vs Hailey Baptiste (EUA)
Não antes de 18h
[7]Veronika Kudermetova vs. [C]Eugenie Bouchard (CAN)
Não antes de 21h
[9]Beatriz Haddad Maia (BRA) vs. Danielle Collins (EUA)
[5]Belinda Bencic (SUI) vs. Taylor Townsend (EUA)

Grandstand – 14h
[14]Mayar Sherif (EGI) vs. Camila Giorgi (ITA)
Martina Trevisan (ITA) vs. [15]Jasmine Paolini (ITA)
Emiliana Arango (COL) vs. [11]Anastasia Potapova
Não antes de 19h30
Sofia Kenin (EUA) vs. [Q]Carol Zhao (CAN)

Quadra 1 – 14h
Caroline Dolehide (EUA) vs. Peyton Stearns (EUA)
Emma Navarro (EUA) vs. [Q]Maria Mateas (EUA)

Quadra 3 – 14h
Storm Hunter (AUS) vs. Iryna Shymanovich
Marta Kostyuk (UCR) vs. Stacey Fung (CAN)

Quadra 2 – 14h
Camila Osorio (COL) vs. Magdalena Frech (POL)

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE