PLACAR

Bia bate forte dupla francesa e fatura 1º título do ano

Foto: Adelaide International

Adelaide (Austrália) – Logo na segunda semana da temporada, Beatriz Haddad Maia já levantou sua primeira taça de 2024. Ao lado da norte-americana Taylor Townsend, ela venceu a forte dupla francesa de Caroline Garcia e Kristina Mladenovic para conquistar o WTA 500 de Adelaide, anotando parciais de 7/5 e 6/3 na final desta sexta-feira.

A conquista desta sexta-feira fará Bia subir duas colocações, indo para o 23º lugar no próximo ranking de duplas. Já para Townsend, mesmo faturando o bicampeonato, ela perderá uma posição e sairá do top 10, caindo um lugar e descendo para o 11º posto na WTA. Ano passado, ela ganhou dois torneios seguidos em Adelaide, o primeiro com Asia Muhammad e o segundo com outra brasileira, Luísa Stefani.

Este foi o sétimo título de duplas da carreira da brasileira em 10 finais disputadas Na temporada passada, a canhota paulista levantou duas taças nas duplas, a primeira delas no WTA 1000 de Madri, ao lado da bielorrussa Victoria Azarenka, e a outra no Elite Trophy, em Zhuhai, com a russa Veronika Kudermetova.

Bia e Townsend estavam afiadas com o saque, venceram 73% dos pontos na final e sofreram apenas uma quebra em toda a partida. Do outro lado, as francesas Garcia e Mladenovic tiveram 65% de aproveitamento com o saque e amargaram três quebras.

O primeiro set foi o mais disputado dos dois e começou com Garcia e Mladenovic na frente, abrindo 4/2 depois de perderem dois break-points no terceiro game e converterem um no quinto. Só que Bia e Townsend conseguiram deixar tudo igual no oitavo e não pararam por aí, buscando mais uma quebra no 12º e último game, para fazer 7/5 e sair na frente.

Com o placar favorável, a brasileira e a norte-americana foram firmes na segunda parcial e venceram todos os games de serviço, salvando os dois break-points que enfrentaram, ambos no quinto game. E foi justamente em seguida, no sexto, que elas conquistaram a quebra que acabou definindo o jogo, administrando depois a vantagem até o final.

26 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcus Martins
Marcus Martins
1 mês atrás

Espero que essa dupla faça uma ótima campanha no AO.

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás
Responder para  Marcus Martins

Ótima atuação de ambas. A Taylor é muito habilidosa na rede, tem um jogo muito bonito de se assistir, dá show na rede. E a Bia fez lindas jogadas da linha de base.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Parabéns Beatriz Haddad Maia. Não deu em simples, foi campeã em duplas. Parabéns também à Taylor Townsend por ter defendido o título de 2023 e conquistado o bicampeonato.

Márcio
Márcio
1 mês atrás

Bia joga muito, tanto em simples como em duplas! Sensacional!!

andré
andré
1 mês atrás

Jogo bem interessante e faz pensar com as duplas são benéficas à brasileira. Bia começou meio devagar, discreta na rede e deixando o fundo com a americana. No saque ela também estava lenta e foi a primeira a ter o serviço quebrado. Mas aos poucos a coisa foi mudando e a brasileira foi ganhando confiança. No segundo set o saque se tornou uma importante arma e fundiu a recepção das francesas. Entre a Bia da eliminação da estreia e a Bia campeã de duplas, acho que além mais ritmo ela entra bem afiada nesse AO.

Edinho Godoy
Edinho Godoy
1 mês atrás

E só o começo!!!!

Rbclima
Rbclima
1 mês atrás

Boooooa

Ubiratan (Black)
1 mês atrás

Parabéns, meninas!! Que ótimo!
Agora é pegar voo e se adaptar no pouco tempo. Pela distância vai estar tudo diferente.
Jogo de simples chegando. E já tão afiadas pras duplas.

Rocky Balboa
Rocky Balboa
1 mês atrás
Responder para  Ubiratan (Black)

??? O voo de Adelaide pra Melbourne é 1:30. Mesmo horário, mesmo clima, mesmo tipo de quadra…não tem adaptação nenhuma

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás
Responder para  Rocky Balboa

Hahahaha

Ubiratan (Black)
1 mês atrás
Responder para  Rocky Balboa

A duração do voo eu sei, é o que dizia o google quando olhei também. A distância não é nada pouca, se você considera que por ser o mesmo fuso horário, mesmo tipo de quadra e “mesmo clima”, então “não tem adaptação nenhuma”, então cada um de nós continuará com sua opinião pelo visto.

Andre
Andre
1 mês atrás

Bom demais começar o ano dessa forma, parabéns Bia e Taylor .

Wilton Bernardes
Wilton Bernardes
1 mês atrás

O foco de Bia deveria ser duplas é muito boa, simples ta meio que deixando pra trás

Gustavo M.
Gustavo M.
1 mês atrás
Responder para  Wilton Bernardes

Belíssimo conselho, a Bia deveria escutá-lo. Afinal, pra quê continuar uma carreira em simples, na qual atingiu apenas a uma semifinal de slam, título de Trophy, final de 1000 e faturou quase 2mi de dólares em um só ano. Melhor abrir mão dessa merreca aí. Mandou bem, cara!

Wilton Bernardes
Wilton Bernardes
1 mês atrás
Responder para  Gustavo M.

sim, ela vai repetir tudo isso nos proximos anos, confia aí amigao.

Luiz Eduardo
Luiz Eduardo
1 mês atrás
Responder para  Wilton Bernardes

O print é eterno. Veremos…

Leo
Leo
1 mês atrás

Ok, o site é brasileiro, mas não foi a Bia sozinha que ganhou. Pelo contrário, a Towsend joga mais que ela nas duplas.
O mais justo seria “Dupla da Bia” bate forte dupla

Eduardo Miranda
Eduardo Miranda
1 mês atrás
Responder para  Leo

Concordo com vc

Fernando S
Fernando S
1 mês atrás
Responder para  Leo

Eu não gosto destas manchetes das duplas, mas, infelizmente, já me acostumei.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás
Responder para  Leo

Concordo

Leonel
Leonel
1 mês atrás

Ano começou bem. Ano promete. Penso que serão muitas conquistas pro Brasil inclusive juvenis. Bora ser feliz.

viktor
1 mês atrás

A chave de Bia nunca esteve tão boa. A confusão só começa com Gauff nas Quartas e Sabalenka nas Semis. As 5 favoritas do torneio cairam na outra chave, Rybakina, Iga, Katkakina e Ostapenko. Andreeva caiu ainda no caminho de Sabalenka (só na semi, como tambem Krejvikova) e Gauff ainda tem Potapova antes das Quartas (esse jogo promete Bia x Gauff)!!!

Fernando S
Fernando S
1 mês atrás

Parece simpática a Taylor. Sorriso aberto.

Andy Schmid
Andy Schmid
1 mês atrás

Bom, resta a consolação do torneio recreativo, né?

NFdS
NFdS
1 mês atrás

Terminou 2023 com títulos (simples e duplas), começou 2024 com título! Tá fraca hein fia!!! rs

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Aqueles que estão desvalorizando a conquista do torneio de duplas acredito que achem fácil ganhar um WTA 500 nas duplas, né! E aqueles que estão defendendo que a Bia deve focar apenas nas duplas não estão muito preocupados com as contas que a Bia tem que pagar. Deveriam tentar a carreira de consultores financeiros dos tenistas do circuito, quem sabe não ganhem bastante dinheiro. Afinal de contas, não existe quase nenhuma diferença na premiação e exposição dos torneios de simples em comparação com os torneios de duplas, né!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE