PLACAR

Beach: favoritas vão às oitavas. Cappelletti e Baran terão revanche.

Vitória Marchezini, de roxo, e Sophia Chow. (Foto: Veiga Produções)

Tucuruí (PA) – O primeiro dia da chave principal do BT 400 do Amazônia Open, terminou com poucas surpresas e os favoritos confirmando vaga nas oitavas de final do evento disputado no Paranhos Beach Tennis, em Tucuruí.

Destaque no feminino para a dupla brasileira da jovem Vitória Marchezini, de 18 anos, e de Sophia Chow, ambas empatadas no sexto lugar do ranking da Federação Internacional de Tênis. As cabeças de chave 2 passaram pela paraense Brenda Rique, campeã do torneio BT 50 na terça-feira, e Brenda Brissac por 6/2 e 6/1 e irão enfrentar a parceria da colombiana Carolina Escamilla e da brasileira Larissa Souza.

“Satisfeita com nosso primeiro jogo e pouco a pouco vamos nos adaptando. Jogamos bem sólidas, elas tiveram algumas chances durante os games, mas sempre recuperamos. Elas tentaram mudar a estratégia, mas logo conseguimos voltar”, disse Chow.

Bicampeãs mundiais, as italianas Giulia Gasparri e Ninny Valentini estão pela primeira vez em Tucuruí e estão encantadas. No ano passado, uma lesão no ombro de Ninny impediu a vinda das atletas para o evento paraense. “Estou muito feliz de estar pela primeira vez em Tucuruí, essa quadra central é muito linda, parabéns para a organização. Hoje foi uma boa estreia, atuamos bem”, disse Gasparri após o triunfo por duplo 6/0 sobre as brasileiras Damela Loureiro e Natalia Azevedo.

Felipe Loch (Foto: Veiga Produções)

No masculino, os cabeças de chave 2, o catarinense André Baran, quarto do mundo, e o terceiro colocado, o italiano Michele Cappelletti, pentacampeão mundial, terão a oportunidade de revanche contra o jovem de 17 anos, Felipe Loch, e o italiano Luca Andreolini, de 20, nesta sexta-feira, a partir das 15h15. A jovem parceria os surpreendeu no final de abril no torneio de Petrolina (PE) e saiu com o título, derrotando os campeões mundiais Nicolas Gianotti/Mattia Spoto na decisão.

Baran e Cappelletti passaram, nesta quinta, sem sustos por Richard Gomes e Daniel Canellas por 6/0 e 6/3 enquanto que Loch e Andreolini tiveram jogo difícil contra o venezuelano Ramon Guedez e o gaúcho Natã Porte, vencendo por 6/3, 2/6 e 10-7 na quadra central lotada. “Demos um pouco de sorte do jogo ser de noite pois dá para nos acostumar com o clima. Agradeço ao meu parceiro que jogou muito bem, eu saí completamente de jogo no segundo set, errando quase tudo. Foi difícil, mas voltamos bem no match tie-break, com mente fria”, disse Loch.

Michele Cappelletti destacou as condições de calor e alta umidade. “Calor atrapalha todo mundo, mas não é desculpa para ninguém. Suamos bastante. Faz parte, quem se acostumar com mais naturalidade vai se sair melhor. Está calor para todo mundo. Vamos seguir dando o nosso máximo.”

Antomi Ramos (Foto: Veiga Produções)

O dia teve ainda a abertura com fogos na quadra central e a vitória do bicampeão mundial, o espanhol Antomi Ramos, e o letão Maksmilians Andersons sobre os brasileiros Vinicius Font, ex-número 1, e Miguel Peres por 6/1 e 7/5. “Fechamos a parceria, por enquanto provisória, por dois torneios. Vamos trabalhar o máximo que pudermos e vamos ver o que rola. Foi uma boa estreia aqui, uma boa vitória”, destacou Antomi. Seus próximos adversário são a dupla de David Abdanur e Lucas Lima.

A ESPN 4 mostra os jogos nesta sexta-feira, em conjunto com o PlayBT no Youtube, a partir das 18 horas.

Subscribe
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE