PLACAR

Baez vira contra Tabilo e conquista 2º título consecutivo

Sebastian Baez (Foto: Chile Open)

Santiago (Chile) – O argentino Sebastian Baez completou com louvor sua passagem pelo saibro sul-americano. Depois de fazer semi em Córdoba, quartas em Buenos Aires e ser campeão no Rio de Janeiro, o atual 21º colocado do ranking conquistou neste domingo o título do ATP 250 de Santiago, superando na decisão o chileno Alejandro Tabilo com uma virada por 3/6, 6/0 e 6/4 em 2h14 de partida.

Aos 23 anos de idade, Baez levanta o sexto troféu de sua carreira e o quinto no saibro. Ele também se torna o primeiro tenista desde Cristian Garín em 2020 a vencer dois eventos da turnê na América do Sul no mesmo ano. Além disso, o jogador nascido na capital argentina chega à marca de 32 vitórias e quatro derrotas atuando no Chile, considerando jogos de challenger e ATP, incluindo qualificatórios.

Com mais essa conquista, Baez fará sua estreia no top 20, alcançando a 19ª posição do ranking, apenas um ponto à frente do cazaque Alexander Bublik, que também debutará nesta faixa na segunda-feira. Vale destacar que antes de iniciar a gira na terra batida há um mês, o argentino era o 30º colocado. Como campeão, ele recebe um prêmio de US$ $100,6 mil.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Por sua vez, Tabilo perde a chance de conquistar o segundo título de sua vida e na temporada, já que ele triunfou no ATP 250 de Auckland em janeiro. Atual número 51 do mundo, ele dará um salto de 12 posições para registrar sua melhor marca e assumir o 39º posto. De quebra, ainda terá direito a US$58,7 mil pelo vice-campeonato.

Empurrado pela torcida, Tabilo começou o jogo pressionando Baez, tendo dois break-points a seu favor logo no segundo game. O argentino lidou muito bem com a pressão e manteve o serviço, mas no sexto game não teve jeito. Depois de salvar mais quatro chances de quebra, ele não resistiu à quinta tentativa do chileno, que abriu vantagem preciosa no placar e ainda salvou três breaks na sequência antes fechar o set.

Mais à vontade em quadra, Baez sobrou na segunda parcial, perdendo apenas dois pontos em seus games de serviço e aproveitando as três oportunidades de quebra que teve. Com isso, minou totalmente o jogo de Tabilo, que ganhou apenas cinco dos 29 pontos disputados nos seis games e acabou levando um ‘pneu’.

O início do terceiro e decisivo set seguiu o roteiro do que foi segundo, com o argentino aproveitando muito bem suas chances e dificultando a vida do anfitrião, que chegou a ter um break-point no game inaugural, mas não concretizou.

Depois de abrir 5/2 no marcador, Baez sacou para o jogo no nono game, mas Tabilo usou muito bem a força das arquibancadas para ganhar sobrevida. No entanto, o chileno acabou sofrendo a quebra definitiva logo na sequência e viu o rival ficar com o título.

https://youtu.be/8XgXLenOL-Y?si=lY-ETCNwHghIEFRn

 

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Muito bom esse Baez, vamos ver se tem tenis para se manter. , mas é mais um grande nome da escola Argentina, que teve Villas e Dele Potro como destaques no masculino. Schwartzman, Bagnis, Coria ,Pella e outros passado recente e Cerundolo atual tb

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás
Responder para  Haroldo Guimarães

Sim, é um jogador e tanto. Mental espetacular ele tem; imagine se tivesse 15 cm a mais de altura: já seria top 10. O tênis argentino é surpreendente.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Achei bastante surpreendente o Baez conseguir emendar a conquista do Rio à Santiago, com condições btt distintas do torneio carioca.. certamente o bye no R1 lhe ajudou fazer essa transição entre os torneios.. brilhante o ano do Argentino até aqui, vai assumindo o posto de Sudaca n°1 e se mostrando o sucessor do El Peque, Schwartzmann..

Com relação ao Tabilo: parece ter realmente elevado seu nível de jogo nesse 2024, segunda final de ATP em poucos meses.. no Rio ele acabou dando muito azar do Wild ter encaixado uma grande atuação e, ainda assim, o Chileno jogou melhor a maior parte do jogo..

Andre
1 mês atrás

Top 20 do ano. Top 7 nos últimos 6 meses. Top 5 no ano. Ainda e o único jogador com 2 títulos no ano e maior número de vitorias. 4 títulos nos últimos 6 meses. Tem tudo para entrar no Top 7 até o US Open e se tornar o Sétimo maior tenista argentino da História, o 1 entre os não finalistas de Slam, atrás de Clerc, Vilas, Gáudio, Dela Potro, Nabaldian e Coria. No nível de Puerta.

Alexandre
Alexandre
1 mês atrás
Responder para  Andre

Gosto do jogo do Baez, muito guerreiro e consistente. Porém, o estilo dele me parece mais adaptado para o saibro. Nao sei se chega a isso que você comentou, os demais da sua lista eram mais equilibrados noa demais pisos.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE