PLACAR

Azarenka e Svitolina esperam duelo sem polêmica

Washington (EUA) – Na primeira rodada do WTA 500 de Washington, a ucraniana Elina Svitolina e a bielorrussa Victoria Azarenka voltarão a se enfrentar poucas semanas depois de um final de partida que terminou com vaias polêmicas a Vika por causa da ausência do aperto de mão junto à rede. Ambas comentaram o assunto antes do novo embate e relembraram o ocorrido no All England Club.

“Como já disse em Wimbledon, ela vai jogar solta. Está voltando agora, então não tem nada para defender, apenas coisas para ganhar. De certa forma, eu diria que é uma vantagem, mas depende de como você olha. Definitivamente, sinto que isso está lhe ajudando a jogar com mais liberdade e os resultados estão aí”, comentou a bielorrussa.

“Estou ansiosa por um desafio, vai ser um jogo diferente, em uma superfície diferente e em um ambiente diferente”, acrescentou Azarenka, que perdeu o último encontro de virada e agora espera conseguir a revanche. No geral, a bielorrussa lidera com folga o retrospecto entre elas por 5 a 1.

Svitolina não vê problemas em encarar Vika novamente, apesar das questões com rivais russas e bielorrussas por causa da guerra. “Bem, é o sorteio, poderia jogar contra Victoria novamente e foi o que aconteceu. Então só tenho que aceitar isso, treinar e me preparar”, afirmou a ucraniana.

“Depois da nossa partida em Wimbledon, a WTA, como vocês sabem, emitiu uma declaração de que não haverá cumprimento entre jogadoras ucranianas, russas e bielorrussas. Também conversei com Steve Simon (presidente da WTA) e ele me disse que anunciarão antes da partida que não haverá aperto de mão. Então, estou feliz com isso”, falou Svitolina, elogiando a decisão para evitar novas vaias.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE