PLACAR

ATP Finals pode ter grupo com quatro campeões

Turim (Itália) – O sorteio do ATP Finals, que teve seus oito classificados definidos durante a disputa do Masters 1000 de Paris, pode trazer uma situação curiosa para a competição, reunindo quatro campeões do torneio em um mesmo grupo. Isso porque quatro dos competidores deste ano já triunfaram antes na competição.

Direcionado de acordo com as colocações dos tenistas na corrida da temporada, o sorteio é dividido em blocos, com 1º e 2º colocados indo para grupos opostos e o mesmo se repetindo entre 3º e 4º, 5º e 6º e por fim 7º e 8º. Neste panorama, podemos ter um grupo com o sérvio Novak Djokovic (1º), o russo Daniil Medvedev (3º), o grego Stefanos Tsitsipas (6º) e o alemão Alexander Zverev (7º).

Hexacampeão, Djokovic pode se isolar como maior vencedor do Finals, deixando para trás o suíco Roger Federer, com quem está empatado no momento. Zverev conquistou o título em 2018 e 2021, enquanto Tsitsipas triunfou em 2019 aos 21 anos, tornando-se o mais jovem vencedor do torneio desde Lleyton Hewitt, de 20 anos, em 2001, e Medvedev ergueu o troféu em 2020.

Com a classificação do espanhol Carlos Alcaraz e do dinamarquês Holger Rune, ambos com apenas 20 anos de idade, será a primeira vez desde 2000 que dois jogadores de 20 anos ou menos jogarão juntos uma mesma edição do Finals. A última vez que isso aconteceu foi quando Hewitt, de 19 anos, e Marat Safin, de 20 anos, fizeram sua estreia.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE