PLACAR

ATP anuncia bônus de US$ 12,2 milhões para jogadores

Foto: ATP Tour

Londres (Inglaterra) – A ATP anunciou nesta terça-feira uma distribuição adicional de um bônus de US$ 12,2 milhões aos jogadores, gerada por meio de uma nova fórmula de participação nos lucros, pilar central da estratégia OneVision prometida com a eleição de Andrea Gaudenzi como presidente em 2020.

O valor será distribuído aos jogadores que participaram do Masters 1000, com base no desempenho de cada um nestes eventos, que passam por três auditorias financeiras separadas a cada temporada. Os lucros coletivos gerados pelos torneios, acima do prêmio em dinheiro, são então divididos igualmente, numa base de 50/50, com os jogadores.

“É difícil exagerar a mudança que isso representa para o negócio do tênis. Significa maior confiança e transparência entre jogadores e torneios, e incentivos alinhados, pela primeira vez. Conseguir distribuir US$ 12,2 milhões aos tenistas já no primeiro ano é um enorme sucesso”, destacou o presidente da ATP.

“Este é apenas o começo e pretendemos continuar expandindo esse número à medida que aumentamos o poder financeiro do circuito com a expansão de nossos eventos de alto nível. Gostaria de agradecer ao Conselho, conselhos e membros da ATP pela confiança e apoio para alcançar este momento marcante para o tênis”, acrescentou Gaudenzi.

Após um aumento de US$ 37,5 milhões em premiações aos jogadores de 2022 a 2023, os US$ 12,2 milhões adicionais anunciados significam que a estratégia da ATP proporcionou um aumento de aproximadamente US$ 50 milhões em remuneração para os jogadores este ano.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE