PLACAR

Arrasador, Sinner vence a 5ª contra Medvedev e volta à final

Foto: Juarez Santos

Miami (EUA) – Pela quinta vez seguida e a segunda na temporada, Jannik Sinner levou a melhor no confronto contra Daniil Medvedev, e com isso o italiano alcança sua terceira final no Masters 1000 de Miami. Sinner cedeu apenas três games na partida desta sexta-feira e marcou as parciais de 6/1 e 6/2 em 1h09 de disputa.

Medvedev ainda lidera o histórico de confrontos contra Sinner por 6 a 5, mas a última vitória do russo foi justamente em Miami, na final do ano passado. Desde então, o italiano levou a melhor em Pequim, Viena e ATP Finals ainda em 2023 e também na final do Australian Open de 2024, em partida de cinco sets.

Aos 22 anos, Sinner já acumula 12 títulos de ATP e disputará sua 16ª final da carreira. Em torneios Masters 1000, o jovem italiano tem um título no Canadá no ano passado e mais dois vices em Miami, em 2021 e 2023. O atual número 3 do mundo também tem a chance de assumir a vice-liderança do ranking, ultrapassando o espanhol Carlos Alcaraz, em caso de título.

O adversário de Sinner na final do próximo domingo virá da partida entre o Alexander Zverev, número 7 do mundo, e o búlgaro Grigor Dimitrov, 12º colocado. O italiano lidera o histórico de confrontos contra Dimitrov por 2 a 1, com duas vitórias na última temporada, em Miami e Pequim. Já diante de Zverev, tem apenas uma vitória em cinco jogos.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já Medvedev encerra o primeiro trimestre da temporada sem títulos, diferente do que aconteceu no ano passado, quando o especialista em quadras duras foi campeão de Doha, Dubai, Roterdã e Miami. O russo de 28 anos e ex-número 1 do mundo é o atual 4º colocado do ranking e tem como melhores resultados do ano as finais do Australian Open e de Indian Wells.

Apesar de a partida ter começado com alguns games longos e oportunidades para os dois lados, Sinner prevalecia nos pontos mais importantes. O italiano escapou de dois break-points e conseguiu duas quebras para sair vencendo por 4/0. Pouco depois, manteve o saque com maior tranquilidade para abrir 5/0 no placar. Além de contar com um jogo sólido do fundo de quadra e de dominar os ralis com a potência de seus golpes, ele também era muito efetivo nas subidas à rede. Só então Medvedev confirmou um game de saque para não levar um ‘pneu’, mas não evitou a perda do set logo depois.

Em vantagem no placar, Sinner abriu vantagem logo no começo do segundo set e saiu vencendo por 2/0. Ele enfrentou um break-point, mas encaixou uma sequência de ótimos saques, impedindo que Medvedev efetivamente disputasse aqueles pontos. Na sequência, voltou a quebrar e fez 5/1. O russo confirmou com muito custo seu último game de saque na partida, mas a vitória do italiano seria decretada minutos depois, com mais um game rápido no serviço.

Sinner liderou com folga a estatística de winners por 16 a 7 e cometeu 12 erros não-forçados contra 22 do russo. O italiano não sofreu quebras na partida, enfrentando três break-points, e colocou pressão constante nas devoluções, especialmente no segundo serviço de Medvedev. Ele criou nove chances de quebra e aproveitou quatro.

 

28 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
3 meses atrás

Hoje ficou claro pq o Daniil não gosta de subir à rede! Que show de horrores! kkkkkkkkkkk

Geração tenis
Geração tenis
3 meses atrás

Sinner não tem talento do alcaraz mas tem mais atitude

marco de biasi
marco de biasi
3 meses atrás
Responder para  Geração tenis

inicio a ter duvidas, sobre esta grande diferencia…….um grande trabalhador com certeza menos marketing de muitos mas bem solido e com mais continuidade

João
João
3 meses atrás

Sinner muito bem, do inicio ao fim, se impôs como melhor tenista que é.
Provavelmente vai assumir o número 2 com a ajudazinha do titio Dimitrov.
Mas ainda ficou aquela mancha da colossal amarelada de IW diante do nadalzinho fake.
Para terminar bem o ano precisa se impor ao espanhol, o que é uma coisa bem natural basta jogar o que sabe e controlar os nervos.

Geração tenis
Geração tenis
3 meses atrás
Responder para  João

Nadal só sabe correr no barro ,só corre ,alcaraz é o nosso Federer da nova geração

Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
3 meses atrás
Responder para  Geração tenis

Tomara q sim

Rafael
Rafael
3 meses atrás
Responder para  João

Quanto rancor do Alcaraz. Juro que não entendo. Muleque novo, evoluindo… joga muito, sorri em quadra, faz bem ao esporte… essa pilha infantil q nao faz bem a ninguém é bizarra…

Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
3 meses atrás
Responder para  Rafael

Esse rancor é porque alcaraz é o melhor,e ele torce contra

Clóvis Rizzi
Clóvis Rizzi
3 meses atrás
Responder para  Rafael

Fácil de responder… Carlitos ousou ganhar um GS do Nole e não esconde a vontade de desafiá-lo. Junta o fato de ser espanhol, alguns o veem como sucessor de Nadal (embora o jogo seja muito diferente). Pronto, está aí a receita do ranço.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
3 meses atrás
Responder para  Clóvis Rizzi

Nole venceu 3 slam em 2023 com 16 anos a mais de idade e deu uma aula na semi do atp finals. Nenhum nolista tem ranço de Carlitos.

David Almeida
David Almeida
3 meses atrás

El Pecador Sinner é o melhor jogador do mundo atualmente, passou o trator em cima do Russo Malvadão. Domingo sendo Campeão vai ultrapassar o Miurinha e se tornar o número 2 do ranking ATP. Parabéns Pecador está jogando o fino do tênis.

Wilson
Wilson
3 meses atrás

Não curto a forma de jogar do Medvedev, acho que só sabe espancar a bola.
Hoje ele foi simplesmente HORROROSO.
Não desmerecendo o Sinner, que atualmente é melhor da temporada.
Queria assistir Sinner x Dimitrov, seria um jogo muito interessante.

Marcos
Marcos
3 meses atrás
Responder para  Wilson

Também. Mas o Dimi não tem chance contra ele

David Almeida
David Almeida
3 meses atrás

Sinner perdeu em Indian Wells para Alcaras porquê a quadra estava muito lenta e mesmo assim fez 6 – 1 no primeiro set e depois levou a virada. Miami a quadra é mais rápida e a bola anda mais, aqui o Pecador é um jogador muito forte e difícil de set batido. Miami é tão rápido que Dimitrov judiou de Alcaraz ontem.

David Almeida
David Almeida
3 meses atrás

El Pecador Sinner vai dominar as hard depois que o Goat se retirar, o italiano tem tudo para se torna o Rei da quadra rápida pois bati forte na bola e é muito agressivo no seu jogo.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
3 meses atrás
Responder para  David Almeida

Adicione a grama também.

Marcos
Marcos
3 meses atrás
Responder para  David Almeida

Uma dúvida Por que Pecador ?

Rob
Rob
3 meses atrás
Responder para  Marcos

Sinner é Pecador em inglês.

Rogério
Rogério
3 meses atrás

Quem será que vai desafiar esta nova fase de domínio de Sinner e Alcaraz? O Medvedev com certeza não será.

Maria
Maria
3 meses atrás
Responder para  Rogério

Dominio do Alcaraz?
Mas ele está para perder o número 2.
E no ano é o quarto, atrás do Sinner, Medvedev, Sasha.

Paulo Mala
Paulo Mala
3 meses atrás
Responder para  Rogério

O Zverev é um bom nome. Ele estava entrando em seu auge, mas teve a lesão grave de tornozelo que o atrasou um pouco
É um dos nomes que correm por fora pra ganhar os grandes eventos

Daniel Padilla
Daniel Padilla
3 meses atrás

Sinner jogou muito, gosto muito de vê-lo em quadra, fora, mas hj o Danil me pareceu um pouco apático e sem vontade. Mas aposto no Dimitrov, a gana que está mostrando, como está jogando, acho que vai ser difícil tirar esse título dele

Viny Matsueda
3 meses atrás

Sinner exibiu um desempenho impressionante ao vencer sua quinta partida contra Medvedev e garantir sua vaga na final. Sua habilidade técnica e determinação foram evidentes durante todo o confronto, demonstrando sua capacidade como jogador de alto nível. Por outro lado, Medvedev mostrou grande resistência e habilidade, mas acabou superado pelo jogo consistente de seu oponente. Foi uma partida emocionante e equilibrada, digna de uma semifinal de alto nível. Agora, Sinner avança para a final, onde certamente enfrentará outro desafio formidável.

Marcelo Reis
Marcelo Reis
3 meses atrás
Responder para  Viny Matsueda

Amigo, é possível concordar com boa parte do seu texto, mas daí a dizer que a partida foi equilibrada já é demais. O russo foi atropelado! 6/1 e 6/2 em pouco mais de uma hora. Não houve equilíbrio aí. Foi jogo de “um jogador só”.

Marcelo Takahashi
Marcelo Takahashi
3 meses atrás

Como se diz “atropelamento” em russo? Sinner estava muito focado no jogo e não deu nenhuma chance pro malvadão.
Um ano que promete ao italiano

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE