PLACAR

Após 1º set equilibrado, Alcaraz embala e supera a estreia

Foto: Peter Staples/ATP Tour

Melbourne (Austrália) – A partida de estreia de Carlos Alcaraz no Australian Open teve dois momentos distintos. Atuando diante do experiente francês Richard Gasquet, o espanhol de 20 anos encarou um primeiro set muito equilibrado e definido nos detalhes. Mas depois de abrir vantagem, não correu mais riscos e definiu a disputa com parciais de 7/6 (7-5), 6/1 e 6/2 em 2h15 de partida.

Esta é apenas a terceira participação de Alcaraz na chave principal em Melbourne e ele não tem pontos a defender, já que não atuou no ano passado por lesão. Por outro lado, o atual número 1 do mundo Novak Djokovic defende 2 mil pontos do título da temporada passada. Por isso, há uma disputa pela liderança do ranking entre eles. E até mesmo o terceiro colocado Daniil Medvedev tem chance de voltar ao topo em caso de título.

Alcaraz enfrenta na segunda rodada o italiano Lorenzo Sonego, 46º do ranking, que derrotou o britânico Daniel Evans por 4/6, 7/6 (10-8), 6/2 e 7/6 (7-4). O único duelo anterior foi no Masters 1000 de Cincinnati de 2021 e terminou com a vitória de Sonego em sets diretos. Na ocasião, Alcaraz era o 55º do ranking e vinha do quali.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Por outro lado, o veterano Gasquet saiu recentemente do top 100 após 19 temporadas ininterruptas na primeira página do ranking. O ex-número 7 do mundo aparece atualmente na 131ª colocação e fala abertamente, aos 37 anos, em parar de jogar caso não consiga voltar logo para o grupo dos cem melhores do mundo.

O primeiro set da partida foi inteiramente sem quebras e teve 1h13 de duração. Alcaraz totalizou nove break-points em três games distintos, mas não conseguiu aproveitar suas chances de quebra. Gasquet ameaçou o serviço do espanhol apenas uma vez e chegou a liderar o tiebreak por 4-3 e saque, mas o jogo mais agressivo do espanhol e sua maior potência nos golpes foram determinantes. Bastante efetivo nas devoluções de saque e com domínio dos ralis de fundo, ele conseguiu fechar o set. O espanhol fez mais que o dobro de winners na parcial, 23 a 10.

A partir de então, só deu Alcaraz no jogo. Ele não enfrentou break-points no segundo set e cedeu apenas cinco pontos em seus games de serviço. Com a pressão constante sobre Gasquet, especialmente quando o francês não colocava o primeiro saque na quadra, ele conseguiu três novas quebras.

O roteiro do terceiro set foi parecido. Alcaraz abriu vantagem logo cedo e chegou a liderar por 4/0. O francês baixou bastante a intensidade, mas ainda conseguiu confirmar seu último game de serviço. Depois, quando o espanhol sacava para o jogo, Gasquet salvou três match-points antes que Alcaraz definisse a vitória em seu saque em um game de 10 minutos.

 

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE