PLACAR

Apesar do revés, Tsitsipas não se dá por vencido

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Turim (Itália) – Derrotado na estreia na fase de grupos do ATP Finals, o grego Stefanos Tsitsipas não se abalou com o resultado negativo diante do italiano Jannik Sinner, que marcou duplo 6/4 no primeiro jogo de simples em Turim. O atual número 6 do mundo segue confiante de que possa dar a volta por cima nas próximas partidas, algo incomum no circuito e que ele pretende aproveitar.

“Essa é a beleza do ATP Finals, não acaba até que realmente acabe. Você sempre pode voltar. É um bom formato, isso permite uma grande competição e algumas boas reviravoltas que realmente não vemos no tênis porque nosso circuito é baseado em eliminatórias, com uma única oportunidade em cada torneio”, disse o grego.

“Vejo este torneio para mim também como uma oportunidade para desenvolver meu jogo através de riscos talvez maiores. Por que não? É um grande torneio e eu realmente quero me sair bem aqui”, acrescentou Tsitsipas, que na terça-feira enfrentará quem perder o duelo entre o sérvio Novak Djokovic e o dinamarquês Holger Rune para buscar a sobrevivência na competição.

Tsitsipas fez questão de destacar o grande dia de Sinner com o saque, perdendo apenas 10 pontos durante toda a partida (80% de aproveitamento). “Ele definitivamente melhorou seu saque e mostrou isso hoje na quadra”, comentou o grego, que não conseguiu produzir um break-point sequer a seu favor, sofrendo duas quebras, uma em cada set.

“Não havia muito que eu pudesse fazer. Eu estava tentando adivinhar às vezes, mas ele sacou bem perto das linhas. Eu não sou a Mulher Elástica dos super-heróis para conseguir chegar nessas bolas. Dei o meu melhor e ele fez uma partida de grande qualidade”, brincou o tenista de 25 anos, que foi campeão do ATP Finals em 2019.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE