PLACAR

Apenas quatro estrangeiros recebem convites para RG

Foto: André Ferreira/FFT

Paris (França) – Foi anunciada nesta terça-feira a lista completa de wild cards para a chave principal e o qualificatório de Roland Garros. Sem grandes surpresas, a Federação Francesa de Tênis (FFT) direcionou a maioria dos convites para tenistas da casa, contemplando apenas quatro jogadores estrangeiros, sendo dois australianos e dois norte-americanos.

Na chave principal masculina, foram agraciados os locais Térence Atmane, Richard Gasquet, Pierre-Hugues Herbert, Harold Mayot, Giovanni Mpetshi Perricard e Alexandre Muller, além do australiano Adam Walton e o norte-americano Nicolas Moreno de Alboran. Entre as mulheres, a lista conta com as francesas Alizé Cornet, Fiona Ferro, Elsa Jacquemot, Kristina Mladenovic, Chloé Paquet e Jessika Ponchet, bem como a australiana Ajla Tomljanovic e a norte-americana Sachia Vickery.

O segundo Grand Slam do ano será realizado de 20 de maio a 9 de junho, com duração total de 21 dias, 15 deles dedicados somente à chave principal, que começa já no domingo, 26.

Franceses dominam lista do quali

Já no qualificatório, apenas atletas da França foram convidados. Antes, havia a expectativa de que o carioca João Fonseca ficasse com uma das vagas, após solicitação da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) junto à FFT. No entanto, horas antes de a organização do torneio anunciar os donos dos convites para o segundo Grand Slam do ano, já corria a notícia de que o brasileiro não iria a Paris e focará na preparação para a disputa do quali de Wimbledon, cujo calendário terá três challengers na grama durante o mês de junho.

Além de Fonseca, também ficaram sem convites para Roland Garros jogadores do calibre de Dominic Thiem, duas vice-campeão do torneio em 2018 e 2019, Diego Schwartzman, semifinalista há quatro anos, Caroline Wozniacki, ex-número 1 do mundo e duas vezes quadrifinalista em Paris, e Simona Halep, campeã de 2018 e também ex-líder do ranking. Thiem e Schwartzman poderão ao menos tentar uma vaga via qualifying. Halep ficou fora, assim como Wozniacki que não se inscreveu para o quali.

Assim, os 18 convites para a disputa da fase prévia na capital francesa ficaram apenas com jogadores locais. Entre os homens, aparecem na lista Clément Chidekh, Gabriel Debru, Mathys Erhard, Antoine Escoffier, Thomas Faurel, Arthur Gea, Sascha Gueymard Wayenburg, Mae Malige e Theo Papamalamis. No feminino jogarão Sarah Iliev, Selena Janicijevic, Manon Leonard, Astrid Lew Yan Foon, Jenny Lim, Daphnee Mpetshi Perricard, Tiantsoa Rakotomanga Rajaonah, Margaux Rouvroy e Alice Tubello.

Convites a estrangeiros é raridade em Roland Garros

Desde que passou a oferecer 18 convites para a chave principal, em 1985, a organização de Roland Garros raramente incluiu jogadores estrangeiros nessa lista. Em quase 40 anos, apenas 18 tenistas de fora foram beneficiados com wild cards para jogar em Paris, com exceção é claro àqueles que fazem parte de federações parceiras da FFT, como é o caso da Tennis Australia, LTA e USTA, entidades reguladoras do tênis nos outros três países que recebem eventos do Grand Slam.

Um desses atletas foi Gustavo Kuerten, que ganhou o direito de fazer sua despedida do tênis em 2008, justamente no torneio em que consagrou sua carreira com três conquistas. Antes, Roger Federer já havia recebido convite em 1999, assim como Sergi Bruguera (2000), Andrei Medvedev (1995), Alex Corretja (1993), Jimmy Connors (1991), Guillermo Vilas (1989), entre outros. O último estrangeiro contemplado com um wild card sem ser por meio de parcerias foi Andy Murray, em 2020.

Leia também:

Fonseca pulará o saibro e foca na preparação para a grama

14 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jose Carlos
Jose Carlos
7 dias atrás

A existência de convites em pleno séc XXI depõe contra a credibilidade do tenis. Assim como a F1 e ligas norte-americanas, o lucro comercial importa mais do que uma competição justa e disputada em igualdade de condições nesse meio. Enquanto o acesso aos torneios não se der por critérios técnicos e objetivos sempre haverá um asterisco em cada torneio.

Rafaela Nadalina
Rafaela Nadalina
7 dias atrás
Responder para  Jose Carlos

Cara, sao apenas 8 convites. As outras 120 vagas na chave são por critério técnico. Sua reclamação é absurda.
E se fossem usar critérios de lucro, trariam o Thiem, o próprio Fonseca e outros jogadores famosos.

André Borges
André Borges
7 dias atrás
Responder para  Jose Carlos

Estou há 4 horas tentando encontrar sentido no seu comentário.

Eduardo
Eduardo
7 dias atrás
Responder para  Jose Carlos

Meu Deus (1)

Rockton
Rockton
6 dias atrás
Responder para  Jose Carlos

Guarde uma coisa para o resto da sua vida: TUDO, absolutamente TUDO, nesse mundo gira em torno de dinheiro e/ou poder.
Quem não tem consciência disso é alienado e totalmente manipulável.

Beto_poa
Beto_poa
6 dias atrás
Responder para  Jose Carlos

Acho que o mais importante é o desenvolvimento do tênis no país dando oportunidades a jogadores locais.

Evandro
Evandro
7 dias atrás

Não adianta a concentração de franceses em quadra. Continuarão sem ganhar seu próprio torneio. Há quanto tempo não vencem? Perdeu-se na memória. Poderiam repassar a licença para a China fazer algo melhor.

Eduardo
Eduardo
7 dias atrás
Responder para  Evandro

Meu Deus (2)

Danilo Jeolás
Danilo Jeolás
6 dias atrás

Basicamente trocam um convite com as federações norte-americana e australiana. De resto, só franceses.

Tem sido assim desde sempre e nem dá para criticar.

Rockton
Rockton
6 dias atrás

É, aí nem.a grana que o Federer está investindo no Fonseca conseguiu arranjar um Convite.

Piter Oliveira
Piter Oliveira
6 dias atrás
Responder para  Rockton

Você leu a matéria? Ele abdicou de jogar no saibro para focar na temporada de grama…

Rockton
Rockton
6 dias atrás
Responder para  Piter Oliveira

Abdicou porque foi informado de que não ganharia.

Rossini Santiago
Rossini Santiago
2 dias atrás

Este convite pro Gasquet, qual a razão? Não tá jogando nada. É porque ele vai aposentar agora em RG?

trackback

[…] (França) – Na última terça-feira foram divulgados os convites para a chave principal e para o quali de Roland Garros, no masculino e feminino. A organização […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE