PLACAR

Antomi Ramos, em casa, fatura seu 7º Sand Series

Antomi Ramos e Nikita Burmakin, campeões, e os vice Giovannini e Andersons (@giuliano.foto e @workaholicris / Super Tour)

Valinhos (SP) – A festa foi caseira na quadra central do CT Lucas Sousa no Super Tour – Sand Series, o último Grand Slam do ano do beach tennis. Antomi Ramos, espanhol que treina no local há quase dois anos, conquistou, na noite deste sábado, o título da competição com premiação de US$ 50 mil e uma das maiores do mundo.

Ramos e o russo Nikita Burmakin, quarto do ranking, derrotaram na final a dupla do italiano Tommaso Giovannini e do letão Maksimilians Andersons com parciais de 6/0, 2/6 e 10/7 na quadra central lotada e com o público inflamado.

A conquista é a primeira desde a volta da dupla, que disputou apenas o segundo torneio junta. Eles haviam jogado juntos em 2019 quando levantaram cinco troféus. A conquista é a 75ª da carreira de Antomi, sétima na temporada. O bicampeão mundial e ex-número 1 do mundo fatura o segundo Sand Series do ano – venceu nas Ilhas Reunião em março – e o sétimo na carreira. Nikita conquista, por sua vez, o segundo título seguido em Valinhos. Ele foi campeão no ano passado do evento BT 400 ao lado do brasileiro André Baran. O russo leva o 67º troféu da carreira e quinto na temporada. Agora, ele soma três Sand Series em 2023 e o quarto na carreira.

“Primeiro set, jogamos muito bem, no segundo demos uma abaixada e eles foram muito melhor, perdemos alguns 40 iguais. Concentramos tudo no match tie-break, deixamos o coração na quadra. Estava em casa e não poderia deixar de lutar por toda essa galera aqui. Estou muito feliz por vencer em casa. Vinha de um momento um pouco triste em minha carreira esportiva, mas é preciso superar cada pedra no caminho. Só tenho a agradecer ao Nikita pelo nível na semana”, vibrou Ramos.

Burmakin arranhou um português e cativou a torcida com seu bordão: “Agora sim, Nikita feliz! Um dia maravilhoso. Especial o Brasil, venci os três Sand Series aqui, agora com Antomi. Não é fácil jogando primeira vez e fazer esse grande resultado. Parabenizar nossos adversários, que fizeram um grande torneio. Agradecer à organização, Lucas Sousa. Eu venho de São Petersburgo onde é bem frio e aqui com o Antomi e essa torcida me senti em casa.”

No feminino, o troféu ficou com o Brasil. A jovem paranaense Vitória Marchezini, de apenas 17 anos, e a paulista Sophia Chow derrotaram as italianas Nicole Nobile e Flaminia Daina por 7/6 (8/6) e 6/1. Vitória conquista seu segundo Sand Series, o primeiro desde 2021, enquanto que Chow fatura sua maior conquista no esporte. Vitória e Sophia agora somam três títulos juntas.

“Estou muito feliz, queria agradecer a torcida, foi incrível jogar em Valinhos, torneio espetacular, agradecer minha parceira, foi perfeita”, celebrou Marchezini. “Muito contente, foi um torneio muito bem organizado, torcida incrível, jogar aqui perto de São Paulo onde tenho muitos amigos, agradecer a Vitória, meu time e patrocinadores”, adicionou Chow.

A competição segue neste domingo com o torneio BT 10 sem premiação, mas pontos no ranking mundial. Os campeões serão definidos no período da noite.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE