PLACAR

Aliassime supera a estreia e norte-americanos conhecem rivais

Foto: ATP Tour

Madri (Espanha) – O canadense Félix Auger-Aliassime teve trabalho em sua estreia no Masters 1000 de Madri, saiu perdendo para o japonês Yoshihito Nishioka, mas depois se recuperou e venceu de virada, triunfando com parciais de 4/6, 6/1 e 6/4. Na segunda rodada, ele enfrentará o francês Adrian Mannarino, que entra adiantado na chave por ser o 19º pré-classificado no torneio.

“Foi uma partida difícil. Ele é sempre complicado, defende muito bem e faz você trabalhar. Mesmo sendo pequeno, é rápido e astuto, também consegue bons ângulos, sabia que seria uma partida difícil. É sempre muito físico. Mas eu estava sacando muito bem e acho que isso me manteve na partida. Estou muito feliz com meu desempenho geral hoje”, comentou Aliassime.

“No segundo e terceiro sets, venci meus games de serviço com bastante conforto, o que foi bom e pude arriscar nos games de devolução. Acho que o que mudou é que eu estava batendo um pouco mais fundo, um pouco mais forte do que no primeiro set. Fui mais preciso e afiado em meus ângulos também, abrindo a quadra”, acrescentou o canadense de 23 anos e atual 35 do mundo.

Definição para Shelton, Tiafoe e Korda

Figurando entre os principais favoritos em Madri, os norte-americanos Ben Shelton, Frances Tiafoe e Sebastian Korda conheceram nesta quinta-feira os seus adversários de estreia. Cabeça de chave 14, Shelton enfrentará o tcheco Tomas Machac, que derrotou o finlandês Emil Ruusuvuori por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 1/6 e 6/2.

Tiafoe terá como oponente em sua estreia, na segunda rodada, o argentino Pedro Cachin, que levou a melhor para cima do austríaco Sebastian Ofner em sets diretos, marcando duplo 6/3 para garantir duelo com o norte-americano 20º favorito na partida seguinte.

Por sua vez, Korda poderia ter um duelo 100% norte-americano contra Marcos Giron, mas o compatriota do 25º mais bem cotado ao título acabou eliminado na estreia, caindo diante do australiano Max Purcell, que saiu perdendo e buscou a virada, fechando o jogo com o placar final de 4/6, 6/4 e 7/6 (7-2).

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE