PLACAR

Alcaraz larga com vitória na temporada asiática

Foto: China Open/VCG

Pequim (China) – Começou bem a temporada asiática para o espanhol Carlos Alcaraz, que nesta sexta-feira estreou no ATP 500 de Pequim enfrentando o alemão Yannick Hanfmann, que foi superado pelo cabeça de chave número 1 da competição em sets diretos, com o placar final de 6/4 e 6/3, anotado depois e 1h37 de confronto.

Com sua 14ª vitória nas primeiras rodadas neste ano, o jovem espanhol segue invicto nesta condição em 2023. “Estou feliz por ter vencido essa partida em sets diretos. Yannick tem jogado bem, tem golpes potentes e é um rival perigoso. Ele disparou algumas bombas hoje, por isso comemoro a chance de alcançar a próxima fase”, analisou Alcaraz, que joga pela primeira vez na Ásia.

“Espero que tenha muitos anos pela frente vindo aqui para a China. Dar meu primeiro passo aqui foi muito legal. Finalmente pode jogar no país e mostrar meu tênis para os fãs chineses, é uma coisa muito boa e esperei bastante tempo por isso. Que seja a primeira de muitas”, acrescentou o espanhol, que agora terá pela frente o italiano Lorenzo Musetti.

A estreia do italiano foi dura, tendo que desafiar o russo Karen Khachanov, que vinha do título no ATP 250 de Zhuhai, onde encerrou um jejum de quase cinco anos sem conquistas. Só que ele não conseguiu manter o embalo e foi derrotado por Musetti em três sets, com parciais de 6/3 1/6 e 6/2, em batalha que durou 1h56.

Será a quarta vez que Alcaraz e Musetti medirão forças no circuito, a primeira em quadras duras, já que os três embates anteriores foram todos disputados no saibro. O primeiro duelo aconteceu em 2020 no challenger de Triste e foi vencido pelo espanhol, que perdeu dois anos depois em Hamburgo, mas voltou a triunfar neste ano em Roland Garros.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE