PLACAR

Alcaraz destaca Sinner, Ruud e Tsitsipas como principais rivais

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) – Campeão das duas últimas edições do Masters 1000 de Madri, o espanhol Carlos Alcaraz sabe que não terá vida fácil para buscar a terceira conquista seguida. A começar por sua falta de ritmo, já que este será seu primeiro torneio do ano no saibro. Além disso, ele tem grandes rivais na disputa, destacando Jannik Sinner e os embalados Casper Ruud e Stefanos Tsitsipas.

“Eles estão em um momento muito bom. Eles estão em sua melhor forma depois de terminar em dois grandes torneios de saibro. Eles se sentem confiantes e para mim isso é o mais importante, ter a confiança de que vamos jogar em bom nível”, comentou o tenista da casa sobre Ruud e Tsitsipas, que se enfrentaram nas duas últimas finais, com título do grego em Monte Carlo e do norueguês em Barcelona.

“Mas o Sinner também está lá num momento muito bom e há jogadores que podem te colocar em apuros, especialmente em Madri com a altitude. Você tem que saber se adaptar. Os dois e Sinner são agora os jogadores a serem derrotados na terra”, acrescentou Alcaraz, colocando o atual número 2 do mundo em destaque.

O espanhol falou um pouco mais sobre o ótimo começo de temporada de Sinner. “Ele é perigoso, é o melhor jogador do mundo neste momento. Acham que o tênis dele não combina bem com o saibro, mas ele também teve resultados no saibro. Ele pode vencer todos os torneios que disputar e obviamente estou lutando com ele e com Novak (Djokovic) para ser o número 1 do mundo”, observou.

Antes de fazer sua estreia no saibro madrilenho, o jovem tenista participou da cerimônia de premiação do Laureus, entregando ao astro do Real Madrid Jude Bellingham o troféu de Revelação do Ano de 2023. “Honestamente, não me senti confortável no palco. Eu estava tão nervoso”, disse Alcaraz, quando questionado se estava se sentindo mais confortável em conviver com outras estrelas globais.

“Treinei aquele discurso durante a semana quase 50 vezes só para ter certeza de que seria perfeito. Minhas pernas tremiam. Sinceramente, não estou acostumado a fazer discurso para lendas do esporte e esse tipo de gente. Foi uma ótima experiência, um momento lindo para mim entregar o prêmio ao Jude, por quem tenho muito respeito e é um atleta tremendo”, finalizou o espanhol.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Walter
Walter
1 mês atrás

Não será o primeiro torneio dele no saibro esse ano. Jogou em Buenos Aires

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE