PLACAR

Alcaraz destaca jogo “quase perfeito” e confiança em alta

Foto: Jonathan Moore/BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) – Atual campeão do Masters 1000 de Indian Wells, o espanhol Carlos Alcaraz chegou para a defesa do título envolto em dúvidas, com questões sobre sua forma física, após torcer o pé no Rio Open, e sobre seu desempenho em quadra, abaixo do que vinha mostrando ultimamente.

Após um susto na estreia, ele acredita estar crescendo na competição e viu um grande desempenho seu na vitória sobre o húngaro Fabian Marozsan por duplo 6/3. “Digamos que foi quase perfeito. Sempre digo que posso jogar melhor, mas estou muito feliz com a forma como encarei o jogo, com a forma como lidei com meus sentimentos”, analisou

“Acho que me movi bem e controlei muito bem o timing da partida. Nos pontos mais difíceis, nos momentos mais difíceis, nos break-points contra e a favor, administrei muito bem esses momentos. Minha confiança está aumentando”, acrescentou o atual número 2 do mundo, que na próxima rodada enfrentará o alemão Alexander Zverev.

Questionado sobre o que seria um jogo perfeito, o jovem espanhol brincou: “Sem erros e vencendo quase todos os pontos”, disse Alcaraz aos risos. “Digamos que com o mínimo possível de erros. Não perder os break-points e com uma alta porcentagem de primeiro saque. Isso seria uma combinação perfeita”, comentou.

Alcaraz falou mais uma vez sobre a pressão que vem enfrentando por grandes resultados e sobre os comentários negativos que têm recebido ultimamente. “Acho que isso tem um impacto muito importante para os jogadores. Muitos não pensam ou não são afetados por comentários negativos, mas tem muitos jogadores que se afetam muito”, disse o espanhol

“Estou tentando não pensar nisso. Estou tentando não ver nada sobre os comentários, mas acho que é algo que não vamos esconder”, pontuou Alcaraz, que ainda destacou o seu grande entrosamento com as condições de Indian Wells. “Aqui, elas se adaptam muito bem ao meu jogo, me sinto muito confortável nesta quadra”, finalizou.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE