PLACAR

Alcaraz: “A lição que tiro é que a força mental vence partidas”

Foto: Corinne Dubreuil / FFT

Paris (França) – Mais jovem tenista a vencer Grand Slam nos três pisos diferentes, o espanhol Carlos Alcaraz sabe que tem muito a aprender e a evoluir no circuito. Campeão de Roland Garros neste domingo, o tenista de apenas 21 anos não vai sair de Paris apenas com a taça, mas também levará consigo um aprendizado importante.

“A lição que aprendi neste torneio é que a força mental vence partidas. Não é necessário jogar de forma brilhante, não é necessário jogar meu melhor tênis ou minha versão de tênis para vencer. Além disso, você ganha muito com a cabeça”, disse o espanhol após a vitória por 3 sets a 2 sobre o alemão Alexander Zverev.

“Se você estiver mentalmente fraco, mesmo que jogue o melhor tênis da sua vida, provavelmente não superará as adversidades ou vencerá um torneio de Grand Slam. Chega uma hora que se você não mostrar força mental, você não ganha torneios como esse”, acrescentou Alcaraz.

O espanhol não escondeu ter passado por momentos ruins na partida, com dúvidas sobre sua capacidade de vencer. “Quando terminou o terceiro set tive muitas dúvidas, não vou mentir. Foi difícil para mim, não estava conseguindo pressioná-lo. Não sei se era nervosismo, mas não joguei no meu melhor. Só que estávamos numa final de Grand Slam. Era hora de lutar e encontrar soluções”.

Mesmo vencendo por 5/2 no terceiro set, Alcaraz afirmou que não se sentia jogando melhor que Zverev, “Não estava encontrando uma maneira de machucá-lo, de colocá-lo em apuros, senti que eu ia falhar e que ele ia ganhar os pontos. Quando você tem aquela sensação de não saber lidar com o nervosismo, não importa o placar, seu rival vai se recuperar”, comentou o espanhol.

“Senti que ele estava administrando muito melhor o ritmo do jogo. O último game me ajudou a saber melhor o que fazer, graças a isso entrei um pouco mais relaxado no quarto set. Fazer 4/0 também ajuda porque tem o placar a seu favor. No quinto set era hora de dar tudo, de lutar até não aguentar mais. o que um guerreiro faz e eu me considero um”, finalizou.

Subscribe
Notificar
guest
15 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Arthur
Arthur
3 dias atrás

Fenômeno do tênis, agora só falta o australian open para ele completar a lista de grande slam

Leonardo
Leonardo
2 dias atrás
Responder para  Arthur

Jura???

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
3 dias atrás

provavelmente o tenista com mais força mental que o circuito já viu… esse espanhol é um fenômeno

Leonardo
Leonardo
2 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Nadal e djoko sao melhores nesse quesito

João Silva
João Silva
3 dias atrás

Sem Nadal e Djokovic e salvo qualquer lesão séria, ele quebrará facilmente qualquer recorde, incluindo ganhar os 4 Grand Slam no mesmo ano como fez o Rod Laver… o Sinner me parece frágil fisicamente e Zverev é isso aí, mentalmente fraco e o Medvedev só piso duro e muito bem motivado.

Renato
Renato
3 dias atrás
Responder para  João Silva

É muiito cedo para falar em quebrar esses recordes. Sinner, por exemplo, é bem forte!

José Afonso
José Afonso
2 dias atrás
Responder para  João Silva

Entende muito de tênis kkkkk

Vamos ver se ele ganha de Sinner no AO ou US Open.

Lucio
Lucio
2 dias atrás
Responder para  José Afonso

Você deve entender muito, então sabe que a final de RG foi atípica, com os dois tenistas dominados pelos nervos e muito abaixo do nível normal. Deve saber também que Alcaraz é o jogador mais completo de todos os tempos, pois tem a habilidade e o jogo de rede do Federer, e a intensidade e capacidade de atacar e defender de fundo de quadra do Djokovic e do Nadal. Quando amadurecer e aprender a controlar os nervos, será imbatível!!!

José Afonso
José Afonso
1 dia atrás
Responder para  Lucio

Ser mais completo não é garantia de vitória. Ninguém é imbatível, viaja, não. Federer no auge da carreira, por exemplo, nas 237 semanas seguidas como nº 1, não venceu RG.

E vai achando que não surgirão outros grandes jogadores nos próximos anos. E por acaso você assistiu Borg, Laver, Connors, Wilander, entre outras lendas do passado, pra dizer que ele é mais completo de todos os tempos?

Nando Parrado
Nando Parrado
3 dias atrás

Só lembrar dos jogos importantes entre Federer e Djokovic, o resultado não era sempre o mesmo por acaso.

romulo
romulo
2 dias atrás
Responder para  Nando Parrado

Sempre?

Paulo Justos
Paulo Justos
3 dias atrás

Já tá falando igual a Iga! kkkk

Eu concordo plenamente com o que ele falou. O importante é encontrar soluções, é manter-se no jogo e ganhar. É o que realmente importa. E ele conseguiu, parabéns ao Carlos.

Ricardo
Ricardo
2 dias atrás

Descobriu a essência desse esporte, a força mental. Nisso o big three tinha muito claro, por isso faturaram 66 slams.
Desde o primeiro ponto e casa ponto o mental é fundamental.
Psicólogos começam cada vez mais fazem parte da equipe

Lee
Lee
2 dias atrás

Se continuar assim disputando Slam com Ruud ,Tsitsipas Medevedev,Zverev ele o Sinner vão ganhar tudo, se não surgir pelo menos mais uns 2 tenistas habilidosos e o Alcaraz conseguir se manter bem fisicamente por mais uns 8 anos bem provável que ele ganhe uns 30 Slam. Com a aposentadoria do Nadal e o Djokovic já em fase de fim de carreira não consigo ver adversários altura para Alcaraz e Sinner.

José Afonso
José Afonso
1 dia atrás
Responder para  Lee

Ao meu ver, Rune precisa evoluir praticamente no aspecto mental para bater de frente com eles.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE