PLACAR

Akugue brilha em casa e chega à final em seu 1º WTA

Hamburgo (Alemanha) – Convidada da organização do WTA 280 de Hamburgo, a alemã Noma Noha Akugue segue brilhando em sua primeira aparição em uma chave principal de WTA e logo na estreia vai disputar a final. Nesta sexta-feira, ela levou a melhor no duelo de jovens de 19 anos, batendo a russa Diana Shnaider em sets diretos, com duplo 6/3 anotado em 1h18.

Akugue se tornou a segunda jogadora a chegar à final em sua estreia em uma WTA em poucas semanas, após a russa Maria Timofeeva conquistar o título em Budapeste no domingo passado. Atual número 207 do ranking, apenas 10 lugares abaixo de sua melhor marca, a jovem alemã dará uma grande disparada com a campanha desta semana, indo para o 142º lugar.

Em sua vitória na semi contra Shnaider, a jovem tenista da casa anotou 15 winners contra 11 da rival. Ela conseguiu três quebras e escapou dos seis break-points que enfrentou. Akugue se torna a primeira jogadora alemã a chegar a uma final de WTA em casa desde Andrea Petkovic, vice-campeã em Hamburgo em 2021. Petkovic, que se aposentou do esporte no ano passado, estava nas arquibancadas para torcer pela compatriota.

+ Filha de nigerianos, promessa alemã tem Osaka como inspiração

Na decisão, a germânica medirá forças com a holandesa Arantxa Rus, de 32 anos e cabeça de chave número 7 na competição, que mostrou força e buscou a virada contra a quali australiana Daria Saville, triunfando com o placar final de 2/6, 6/3 e 6/1 para também alcançar a primeira decisão em nível WTA de sua carreira. Rus é a atual 60ª do mundo e está com seu melhor ranking.

A final não apenas contará com duas estreantes, mas também será a primeira de WTA entre duas jogadoras canhotas desde Praga 2018, quando Petra Kvitova derrotou Mihaela Buzarnescu.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE