PLACAR

Zverev: “Os dois melhores sets que joguei no ano”

Foto: Simon Bruty/USTA

Nova York (EUA) – Vitorioso em uma partida que começou complicada contra o búlgaro Grigor Dimitrov, com dois tiebreaks nos dois primeiros sets, mas que depois ficou mais sob o seu controle, o alemão Alexander Zverev comemorou o desempenho apresentado no último sábado e inclusive destacou o grande nível que apresentou nas duas primeiras parciais.

“Os dois primeiros sets foram os melhores que joguei nesta temporada. Nós dois conseguimos jogar em um nível incrível também no campo físico. No final do segundo talvez eu tenha tido um pouco de sorte, não sei bem o que dizer, só que no final veio na minha direção”, observou o alemão, que chegou a ver Dimitrov abrir 4/2 no segundo, antes de se recuperar e empatar o placar.

“Acho que os dois primeiros sets duraram cerca de três horas, foi uma loucura. No final, a chave está na sua cabeça, trabalhamos muito duro 6 ou 7 horas por dia, mas se (Novak) Djokovic ou (Rafael) Nadal fazem isso há vinte anos é porque sempre estiveram mentalmente um degrau mais alto”, comentou Zverev, que fechou o jogo com parciais de 6/7 (2-7), 7/6 (10-8), 6/1 e 6/1.

Nas oitavas de final, o germânico terá pela frente o italiano Jannik Sinner, que venceu com autoridade o suíço Stan Wawrinka em batalha de quatro sets. Será o quinto duelo entre eles, Zverev perdeu o primeiro, nas oitavas de Roland Garros em 2020, mas venceu os três seguintes, entre eles um pelas oitavas do US Open dois anos atrás.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE