PLACAR

Zormann e Orlandinho avançam sem jogar e pegam Danielzinho

Foto: João Pires

Trieste (Itália) – A quarta-feira foi ótima para os brasileiros na chave de duplas do challenger de Trieste, começando com a vitória do veterano paulista Daniel Silva junto do zimbabuano Courtney Lock. Mais tarde, foi a vez do paulista Marcelo Zormann e do gaúcho Orlando Luz avançarem na competição sem precisar entrar em quadra.

Cabeças de chave número 2 no torneio italiano, Zormann e Orlandinho enfrentariam na primeira rodada a parceria da casa formada por Enrico Dalla Valle e Samuel Ruggeri, que desistiu do confronto. Os brasileiros garantiram assim vaga nas quartas de final e agora cruzam justamente com Danielzinho e o zimbabuano Lock.

O paulista de 36 anos e o parceiro zimbabuano abriram campanha contra o espanhol Carlos Lopez e o russo Svyatoslav Gulin, que entraram de alternates, e levaram a melhor em sets diretos, marcando o placar final de 6/3 e 6/4, depois de 63 minutos de confronto. Danielzinho e Lock converteram dois dos nove break-points que tiveram e salvaram os quatro que enfrentaram contra.

A única derrota nacional no torneio veio com Gabriel Sidney e o uruguaio Ignacio Carou, que não foram páreo para os cabeças de chave 3, o italiano Marc Bortolotti e o australiano Matthew Romios, e acabaram derrotados com parciais de 6/3 e 7/5. Os algozes do paranaense terão pela frente o argentino Federico Gomez e o grego Petros Tsitsipas.

Demo vence em Braunschweig e pega principais favoritos

Outro duplista brasileiro que esteve em ação nesta quarta-feira foi o gaúcho Marcelo Demoliner, que passou pela estreia no challenger de em Braunschweig. Ao lado do argentino Guillermo Duran, ele derrotou o alemão Daniel Masur e o austríaco Jurij Rodionov em três sets, com o placar final de 6/4, 4/6 e 10-4.

Nas quartas de final, Demoliner e Duran terão a árdua missão de desafiar os principais candidatos ao título no saibro alemão, medindo forças com o indiano N.Sriram Balaji e o equatoriano Gonzalo Escobar, que passaram bem pelos bolivianos Boris Arias e Federico Zeballos, marcando parciais de 6/3 e 6/0 sobre seus primeiros oponentes na competição.

Luis Britto vence na Romênia, Alves cai na estreia

Outra vitória brasileira veio no challenger de Iasi, em quadras de saibro na Romênia. Luis Britto e o israelense Roy Stepanov venceram o anfitrião Daniel Uta e o tcheco Jiri Vesely por 6/3 e 7/6 (7-2). Eles enfrentam nas quartas o argentino Tomas Lipovsek Puches e o romeno Matei Onofrei.

Já pelo challenger de Salzburgo, no saibro austríaco, o paulista Mateus Alves e o indiano Divij Sharan perderam na estreia para os alemães Jakob Schnaitter e Mark Wallner por 7/6 (7-2), 3/6 e 10-5.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE