PLACAR

Zheng e o técnico Pere Riba voltam a trabalhar juntos

Zheng Qinwen (Jimmie48/ WTA)

Barcelona (Espanha) – A chinesa Zheng Qinwen e o técnico espanhol Pere Riba voltarão a trabalhar juntos em 2024. A número 15 do mundo fez o anúncio no Instagram, no domingo, dizendo que estava “voltando ao original”. E acrescentou: “Reunidos depois de algum tempo separados, prontos para embarcar na jornada juntos e se preparar para o próximo ano.”

Riba e Zheng trabalharam juntos no início de 2021 e se separaram após Roland Garros deste ano. Baseada em Barcelona, Zheng saiu de fora do top 100 e alcançou o top 30 sob a tutela de Riba, sendo nomeada a Estreante do Ano em 2022.

Após a separação, Zheng contratou o belga Wim Fissette, que a guiou ao primeiro título de simples de WTA em Palermo e às quartas de final do Aberto dos Estados Unidos. Mas eles se separaram logo depois, com Fissette optando por voltar a trabalhar com sua amiga Naomi Osaka, que retornará ao tênis no próximo ano, após o nascimento de seu primeiro filho.

Riba, por sua vez, juntou-se a Coco Gauff antes de Wimbledon e esteve ao lado da americana com o co-técnico Brad Gilbert, trabalho que culminou com seu primeiro título de Grand Slam de simples no Aberto dos Estados Unidos. Eles também se separaram depois de menos de seis meses: Gauff confirmou durante as finais do WTA em Cancún que ela e Riba haviam se separado, e ele desejou boa sorte à jovem de 19 anos ao confirmar a separação em postagem nas redes sociais.

Zheng, de 21 anos, encerrou a temporada conquistando seu segundo título WTA em Zhengzhou, em outubro, e também chegou à final do WTA Elite Trophy em Zhuhai. Ela trabalhou com seu preparador físico Rob Brandsma, que assumiu a função de treinador durante o ano inteiro.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE