PLACAR

Wild reencontra Safiullin na quadra coberta sueca

Foto: Challenger Citta' di Como

stocolmo (Suécia) – O paranaense Thiago Wild optou por encerrar sua temporada no competitivo circuito europeu e disputará seu primeiro ATP sobre piso sintético coberto a partir desta segunda-feira. Número 77 do ranking após ótimas campanhas em nível challenger no saibro italiano, ele entrou diretamente na chave do 250 de Estocolmo, que reúne sete dos top 30 do ranking atual.

Na estreia, o número 1 nacional reencontrará o russo Roman Safiullin, atual 50º colocado, a quem derrotou no qualificatório para o ATP de Zabreg de 2021, sobre o saibro, então uma virada curiosa de 0/6, 7/5 e 7/5. Este será apenas o quatro torneio de primeira linha desta temporada para Wild, que soma quatro vitórias, uma delas sobre o também russo Daniil Medvedev, em Roland Garros.

Caso consiga superar a difícil estreia, Wild poderá então desafiar o canhoto francês Adrian Mannarino, que ganhou há poucas semanas o ATP de Astana, em condições semelhantes à de Estocolmo. Ele é o cabeça 2 e entra diretamente na segunda rodada. O forte setor tem ainda Daniel Evans, Gael Monfils e Marton Fucsovics.

O principal inscrito é o instável Holger Rune. O dinamarquês aguarda quem passar de Miomir Kecmanovic e o convidado Karl Friberg. Outras atrações são o veterano Stan Wawrinka e Leo Borg, filho do pentacampeão de Wimbledon e maior ídolo do tênis local.

Wild também disputará a chave de duplas, em parceria com o argentino Sebastian Baez. Os dois estreiam contra os convidados locais Karl Friberg e Jonathan Mridha.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE