PLACAR

Wild faz só cinco games e cai na estreia do quali em Paris

Foto: Divulgação/CBT

Paris (França) – A sequência de torneios em quadras duras e cobertas na Europa não tem sido boa para Thiago Wild, que sofreu a quarta derrota em cinco jogos disputados nas últimas três semanas. Wild tentou o quali do Masters 1000 de Paris e foi superado pelo australiano Jordan Thompson, experiente jogador de 29 anos e 59º do ranking, por 6/4 e 6/1 em apenas 1h12 de partida.

Depois de ter atuado nas chaves principais dos ATP de Estocolmo e da Basileia nas últimas semanas, Wild ainda terá mais um torneio em condições parecidas. O número 1 do Brasil e 78º do mundo disputa o quali para o 250 de Metz no próximo final de semana. Em Paris, o paranaense de 23 anos tentava chegar a uma chave principal de Masters 1000 pela segunda vez na carreira.

Diante de um adversário com bom saque e habituado às condições mais rápidas, Wild teve pouquíssimas chances nos games de serviço de Thompson. O australiano disparou dez aces e enfrentou apenas dois break-points. Ainda assim, o brasileiro foi o primeiro a quebrar e chegou a liderar o set inicial por 3/2, mas logo depois perdeu o saque de zero e o australian voltou a quebrar no último game do primeiro set.

No segundo set, Thompson disparou seis aces e não enfrentou break-points e cedeu só seis pontos no saque. Confiante, o australiano também passou a ser cada vez mais agressivo nas devoluções e teve chances de quebra em todos os games de serviço de Wild, conseguindo duas novas quebras. Ele largou com 3/0 e ampliou a vantagem para 5/1 antes de confirmar a vitória

Em busca da vaga na chave principal de Paris, Thompson enfrenta russo Roman Safiullin, cabeça 1 do quali e 43º do mundo, que venceu o francês Arthur Cazaux, jovem de 21 anos e 126º colocado, por 6/4 e 6/2.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE