PLACAR

Wild enfrenta australiano na grama e pode reencontrar Fritz

Foto: Juarez Santos

Eastbourne (Inglaterra) – Em busca de uma boa preparação para Wimbledon, Thiago Wild disputa na próxima semana o ATP 250 de Eastbourne, em quadras de grama. O número 1 do Brasil e 74º do mundo estreia contra o australiano de 20 anos James McCabe, 346º do ranking, que veio do quali. O jogo só deve acontecer na terça-feira. Em caso de vitória na primeira rodada, Wild irá reencontrar o norte-americano Taylor Fritz, principal cabeça de chave e bicampeão do torneio. O paranaense derrotou Fritz, atual número 12 do mundo, no Masters 1000 de Miami, disputado em quadra dura.

Jogando na grama, Wild acumula três vitórias e quatro derrotas no circuito profissional. O paranaense de 24 anos jogou três vezes o quali de Wimbledon, avançando uma rodada em 2021 e duas no ano passado, e também disputou um challenger de Nottingham há três anos. Ele ainda não tem vitórias em chaves principais de ATP no piso.

Adversário do brasileiro, McCabe só disputou duas chaves principais de ATP na carreira, em Adelaide e também no Australian Open. Durante o fim de semana, ele venceu o norte-americano Mackenzie McDonald por 6/4 e 7/5 e o britânico Charles Broom por 6/7 (1-7), 7/6 (7-4) e 7/5.

Bublik e Cerúndolo estão no mesmo lado da chave, Paul é cabeça 2

No mesmo quadrante está o argentino Tomas Etcheverry, cabeça 7, que estreia contra o jovem chinês de 19 anos Juncheng Shang, 96º do mundo e vindo do quali. Quem vencer pode enfrentar o britânico Cameron Norrie e o finlandês Emil Ruusuvuori. Ainda na parte de cima da chave, o cazaque Alexander Bublik é o terceiro favorito e espera pelo vencedor da partida entre o alemão Dominik Koepfer e o húngaro Fabian Marozsan. Ele pode enfrentar o argentino Francisco Cerúndolo, atual campeão, nas quartas. Cerúndolo enfrenta o norte-americano Marcos Giron na primeira rodada.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já o norte-americano Tommy Paul, 13º do ranking, será o segundo favorito e espera o vencedor entre os britânicos Billy Harris e Jacob Fearnley. Ele está no mesmo quadrante do argentino Mariano Navone, cabeça 6, adversário do japonês Kei Nishikori, que entrou com ranking protegido. O também argentino Sebastian Baez é o quarto cabeça de chave e pode enfrentar o sérvio Miomir Kecmanovic ou o chinês Zhizhen Zhang na estreia. Eles estão no mesmo setor da chave do espanhol Alejandro Davidovich Fokina, cabeça 8.

12 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Refaelov
Refaelov
23 dias atrás

Sorteio n foi legal n, pegar Qualy na grama é pior doq em qlqr outro piso e uma eventual segunda rodada com Fritz, q tem um belo cartel na grama.. enfim sem maiores expectativas com o Wild pra essa curta gira..

Blumenau
Blumenau
22 dias atrás
Responder para  Refaelov

Não precisa ter bola de cristal pra prever que não vai longe em qualquer torneio.

Vanessa
Vanessa
23 dias atrás

Existe uma boa possibilidade de avançar neste torneio. A questão agora é saber como está a recuperação da lesão, pois se não me engano foi nas costas e um excelente saque neste piso faz muita diferença. Sigo na torcida para bons resultados.

Adalberto
Adalberto
23 dias atrás

O muito tempo parado pode funcionar de duas formas: Fora de rítimo ou Fome de bola.
Muitas vezes a Fome de bola supera o Fora de rítimo… a ver…
VQV WILD!

Blumenau
Blumenau
22 dias atrás
Responder para  Adalberto

Infelizmente este moleque continua se achando o rei da cocada preta, a última bolacha do pacote e deste jeito não vai a lugar algum, vai continuar sendo coadjuvante em qualquer torneio.

Leonel
Leonel
22 dias atrás
Responder para  Blumenau

Blumenau. Mesmo com esse perfil , aínda é o Wild que tem trazido os melhores jogos que assistimos ultimamente. Roland garros ano passado(venceu ,o Quali e depois ganhou do Medvedev), na quadra rápida quase ganhou do Rublev. Acho melhor prestigiar o rapaz. Ninguém atualmente nos premiou com vitórias contra tops 10 e ainda é o único que pode vencer esses top 10. Então…

Blumenau
Blumenau
22 dias atrás
Responder para  Leonel

Com algumas vitórias importantes sim, mas também com amareladas e jogos que perdeu por ser displicente, fora a falta de interesse por torneios menores que nem se esforçou. Ele continua o mesmo com suas cerinhas e desrespeito pelos adversários. Desculpe, mas dá até nojo assistir aos jogos dele, daí nem torcermos por ele como pelos outros brasileiros.

Thiago
Thiago
22 dias atrás
Responder para  Leonel

Tem um cara chamado Thiago Monteiro que recentemente nos premiou com vitória contra Tsitsipas e logo depois chegou às oitavas em Roma (fase que o Wild nunca chegou em M1000, com todo seu talento). Antes, havia ganhado do Rune na casa dele, em hard indoor.

A velha mania de enaltecer o birrento e desmerecer o batalhador.

James Garcia
James Garcia
22 dias atrás
Responder para  Adalberto

A única fome do Wild é de descontrole emocional e birra

Fernando Romero
Fernando Romero
22 dias atrás

Pegou um Lucky looser com campanha modestíssima. O cara nunca ganhou um jogo com um mínimo de expressão. Moleza na estreia, pedreira no segundo jogo.

Thiago
Thiago
22 dias atrás
Responder para  Fernando Romero

Que Lucky Looser, se o cara venceu as duas do quali?

JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
22 dias atrás

Coincidentemente foi esse tenista que perdeu duas vezes pro Daniel Dutra Silva essa semana. No qualy e na estreia do torneio da Polônia.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE