PLACAR

Victória, Sthefany e Gabriela Félix vencem em Porto Alegre

Victória Barros (Foto: Luiz Candido/CBT)

Porto Alegre (RS) – Três brasileiras estrearam com vitória na Brasil Juniors Cup. A rodada desta terça-feira foi de bons resultados para Victória Barros, Sthefany de Lima e Gabriela Félix. Elas se juntam a Nauhany Silva, de apenas 13 anos, que havia vencido na última segunda-feira, entre as representantes nacionais na segunda rodada do torneio disputado na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre.

Número 2 do Brasil e 119ª no ranking mundial da categoria, Victória Barros recebeu convite e venceu a canadense Nadia Lagaev, 131ª colocada, por 3/6 7/5 e 6/2. A potiguar de 14 anos enfrenta na segunda rodada a vencedora da partida entre a chilena Antonia Vergara Rivera, cabeça 2 do torneio, e a colombiana Valentina Arias. Há dez dias, Victória enfrentou a chilena na final em Lima e perdeu em três sets.

“Foi muito bom estar de volta no meu país. Acho que foi um pouco tenso para mim, estar voltando aqui depois de um ano”, disse Victória Barros, que treina na academia de Patrick Mouratoglou, na França, desde o início de 2023. “Consegui lidar com o meu nervosismo e focar em cada ponto, mesmo com os golpes não tão bons. Queria agradecer a todo mundo que assistiu meu jogo e à torcida.

Ela também falou sobre a comemoração que fez no final do jogo, como se estivesse disparando uma flecha. A jovem tenista diz que a ideia é recente: “Eu comecei a fazer lá em Lima, para mostrar minha alegria. Eu consegui acertar o alvo de lá e superar o jogo”.

A paulista de 17 anos Sthefany de Lima, 193ª do ranking, derrotou a boliviana Natalia Trigosso por 6/0 e 7/6 (7-5). Sua próxima adversária será a argentina Luna Cinalli, cabeça 3 do evento. “Ficamos quase quatro horas em quadra, foi uma batalha muito grande. Ela começou a quebrar e eu também. Joguei muito com o coração para sair com a vitória”, afirmou a brasileira.

Já em confronto entre duas atletas nacionais, a carioca Gabriela Félix levou a melhor sobre a gaúcha Laura Badia e fez 7/5 e 6/1. “Estou tentando desfrutar ao máximo desse torneio, adoro jogar aqui, as condições são muito boas para mim. Ela não é uma jogadora muito agressiva, então acabei ficando um pouco mais ansiosa no começo. Nunca havia jogado contra ela. Mas fui entendendo melhor a forma como eu precisava jogar taticamente, encontrei a melhor forma, e fui obediente taticamente até o final”.

Ainda nesta terça-feira, a pernambucana Cecília Costa foi superada pela argentina Sol Larraya por 6/2 e 6/1. Já a gaúcha Pietra Rívoli caiu diante da candense Naomi Xu, com parciais de 6/1, 2/6 e 6/4.

Leia mais:

Nauhany Silva aproveita convite e elimina cabeça 8 em Porto Alegre

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ivan
Ivan
1 mês atrás

Acho que a Vic precisa mudar essa comemoração rsrs

Vanessa
Vanessa
1 mês atrás
Responder para  Ivan

Acho que ela poderia fazer em pé mesmo rs. Mas gostei

Bukele
Bukele
1 mês atrás

A Victoria Barros acha que é o Cavaleiro de Ouro de Sagitário eu acho kkkkkkk

Cacio Luiz Crozariolo
Cacio Luiz Crozariolo
1 mês atrás
Responder para  Bukele

Poucos entenderão! Hahahhaha

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás

Ela joga e se diverte. E alguns beócios não entendem isso…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE