PLACAR

Últimas campeãs, Vondrousova cai e Rybakina vence fácil

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) – O segundo dia de competições em Wimbledon marcou as estreias das duas últimas vencedoras do torneio e que tiveram resultados completamente opostos nesta terça-feira. Atual campeã no All England Club, a tcheca Marketa Vondrousova teve um desempenho muito abaixo do esperado e foi surpreendida pela pela espanhola Jessica Bouzas, apenas 83ª do ranking, caindo pelo placar 6/4 e 6/2 em 1h07 de jogo.

Com a derrota, Vondrousova se torna apenas a segunda campeã vigente de Wimbledon na Era Aberta a ser eliminada logo na primeira rodada no ano seguinte, repetindo a queda precoce da alemã Steffi Graf em 1994 para a norte-americana Lori McNeil, também em sets diretos. Por não conseguir defender os 2 mil pontos do título na temporada passada, a canhota de 25 anos despencará no ranking, saindo neste momento da atual sexta posição para o 15º posto, podendo ainda ser ultrapassada por outras jogadoras ao longo do torneio.

Já Jessica Bouzas conquista uma vitória inédita em Grand Slam, disputando somente sua terceira partida deste gabarito. Ela também jogou em Londres no ano passado e em Roland Garros na atual temporada, mas foi derrotada ainda na estreia. Aos 21 anos de idade, a espanhola está hoje com o melhor ranking da carreira, mas mesmo com o triunfo ainda não subirá na lista da WTA, já que em 2023 ela também ganhou pontos por furar o quali e ainda foi campeã de um ITF W60 em Roma durante a segunda semana de Wimbledon.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Na próxima fase, Bouzas pode ter uma compatriota pelo caminho, já que Cristina Bucsa está jogando contra a romena Ana Bogdan. Em ambos os casos o duelo será inédito no circuito.

Rybakina vence com tranquilidade

Por sua vez, a campeã de 2022 teve um início tranquilo na grama londrina. Enfrentando a romena Elena-Gabriela Ruse, atual 152ª do mundo e vinda do qualificatório, Elena Rybakina até levou um susto inicial, saindo atrás com 1/3, mas depois impôs seu jogo e venceu 11 dos últimos 12 games da partida, marcando as parciais de 6/3 e 6/1 em 1h11 de confronto. A cazaque perdeu apenas dois dos 24 pontos disputados com o primeiro saque em toda a partida, chegando a incríveis 92% de aproveitamento.

Em sua quarta participação no All England Club, a número 4 do ranking feminino também chegou às quartas de final no ano passado e fez oitavas em 2021. Para tentar se aproximar da segunda semana do torneio mais uma vez, ela terá um sexto encontro com Laura Siegemund, contra quem tem retrospecto de 4 a 1, mas nunca enfrentou na grama.

A experiente alemã de 36 anos bateu na primeira rodada a ucraniana Kateryna Baindl por 6/4 e 6/1, chegando apenas à segunda vitória da carreira no Grand Slam britânico, agora em sua quinta participação no evento.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
NFdS
NFdS
13 dias atrás

Impressionante, mas normal…kkk
Na primeira rodada (que ainda não terminou), já caíram duas top 8: a Zheng (8), ontem, perdeu da qualy 123; hoje, a atual campeã (6) perde da 83!
Se logo mais a Bia perder, super normal…. mas as reações aqui serão como se algo extraordinário tivesse acontecido…
Quem viver verá!
Eu, sinceramente, espero ver uma vitória da nossa tenista, mas na atual fase…

Flávio
Flávio
13 dias atrás
Responder para  NFdS

Olha só o nível que está o tênis feminino atual, pois quando falo que o tênis feminino atual está limitado está aí o resultado, infelizmente o nível está baixo demais.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE