PLACAR

Tsitsipas supera Sinner e volta à decisão em Monte Carlo

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Monte Carlo (Mônaco) – Pela terceira vez nas últimas quatro temporadas, Stefanos Tsitsipas está na decisão do Masters 1000 de Monte Carlo. Em jogo bastante disputado neste sábado, o grego superou o italiano Jannik Sinner em três sets, marcando as parciais de 6/4, 3/6 e 6/4 em 2h39 de confronto.

Bicampeão do torneio em 2021 e 2022, Tsitsipas volta a disputar uma final de Masters 1000 após mais de um ano e meio. Além do título no Principado de Mônaco, ele também ficou com o vice em Roma e Cincinnati há duas temporadas. Sua última conquista no circuito aconteceu no ATP 250 de Los Cabos, em agosto de 2023.

Esta foi também a sexta vitória do grego em nove jogos contra Sinner, que havia levado a melhor nos últimos dois duelos. No saibro, Tsitsipas lidera o confronto por 4 a 1. Mais do que isso, a vitória garante o seu retorno ao top 10, saltando da 12ª para a nona colocação do ranking. Em caso de título, ele pode subir até o sétimo lugar, desde que Casper Ruud não seja finalista. O norueguês enfrenta o sérvio Novak Djokovic na segunda semifinal do dia.

“Foi o nível de tênis mais alto que joguei. Jannik é um adversário extremamente difícil, basta ver o que ele fez ao longo do ano até agora. Ele tem sido muito consistente e pude ver isso no jogo dele hoje. Ele é um dos principais adversários que enfrentei e para superar obstáculos assim é preciso encontrar caminhos quando as coisas não acontecem como esperado. Estou extremamente orgulhoso disso, pois ele me proporcionou um jogo muito difícil e a forma como o superei e a forma como administrei essas situações foram incríveis”, disse o grego na entrevista em quadra.

Por sua vez, Sinner conheceu a sua segunda derrota no ano. Dono de três títulos na temporada, ele havia caído também na semifinal de Indian Wells para Carlos Alcaraz. Ao todo, ele acumula 25 vitórias em 2024 e é o líder disparado da corrida para o Finals com 1.650 pontos de diferença para o segundo colocado, o russo Daniil Medvedev.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Tsitsipas começou a partida pressionando o serviço de Sinner, desperdiçando um break-point logo no primeiro game, mas conseguindo a primeira quebra no terceiro, abrindo 3/1 na sequência. O grego se manteve muito firme no próprio saque e administrou a vantagem até o fim, fechando a parcial em 6/4.

No início do segundo set, a chave virou e foi Sinner quem dominou as ações, cedendo somente um ponto em cada um dos três primeiros games. O italiano teve mais uma chance de ampliar a vantagem no sexto game, mas não concretizou. Ele ainda precisou salvar um break na sequência e outros cinco no nono game antes de enfim empatar a partida.

Mais confiante, o número 2 do mundo largou na frente também no terceiro set, obtendo uma quebra na abertura da parcial. Firme nos games de saque e pressionando o rival, o italiano parecia caminhar para uma vitória tranquila, desperdiçando mais dois break-points no quinto game, que lhe dariam uma vantagem de 4/1. Mesmo assim, seguiu na frente até o 4/2. Sentindo um incômodo na perna direita, Sinner pediu atendimento médico duas vezes e acabou não ganhando mais nenhum game na partida, sofrendo duas quebras consecutivas. Sem ter nada com isso, Tsitsipas foi para cima e carimbou a vaga para a decisão.

29 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jonas
Jonas
1 mês atrás

GOAT vai garantindo semanas como número 1, mesmo sem jogar bem. Se quisesse, poderia brigar por 500 semanas no posto, mas largou.

Ricardo Lessa Filho
Ricardo Lessa Filho
1 mês atrás
Responder para  Jonas

Sim, concordo. O Djoko muitas vezes parece deixar claro que ele está cansado disso tudo (viajar, treinar, jogar, viajar, treinar, jogar). E com a aposentadoria do Federer, além da iminente despedida do Nadal, sem contar os últimos momentos de grandes jogadores da sua geração (Murray, Stan, etc), parece ter ajudado a acelerar essa sensação de que “já não faz mais sentido” se doar tanto, pois ele já possui (quase) todos os recordes da história do tênis. O que o anima, acredito, deve ser a medalha de ouro olímpica. De resto, tudo indica que o próximo ano (já sem o Nadal oficialmente) será a última temporada do Novak como jogador de tênis profissional. Será uma espécie de tour de despedida, e jogando em alto nível, ainda – coisa que nenhum dos seus grandes rivais conseguiram fazer, e isso apenas demonstra, uma vez mais, o quão diferenciado é o sérvio.

Flávio
Flávio
1 mês atrás
Responder para  Ricardo Lessa Filho

Ricardo faltou uma coisinha no seu ótimo comentário, que é falta a ele mais 1 slam e acho que Djokovic quer chegar no número mágico de 25 slam e talvez tentar a medalha de ouro, a meu ver se ele alcança isso este ano acho que encerra a carreira porque sabe que Nadal esta perto do fim também. Depois que finlizem o big 3 poderá se reunir para contar as novidades da aposentadoria, né. rsrsrs.

Igor Batista
Igor Batista
1 mês atrás
Responder para  Jonas

Ele não teria condições. Na idade que tem, se jogasse mais torneios, o corpo não aguentaria, cairia de rendimento e provavelmente se lesionaria. Ele está sendo sábio, se poupando, pra tentar se manter no nível mais alto que pode nos torneios que disputar.

Jonas
Jonas
1 mês atrás
Responder para  Igor Batista

Em partes vc tá certo, mas tem o lado do Djoko simplesmente não estar mais interessado nessa briga há tempos.

Alessandro Siqueira
Alessandro Siqueira
1 mês atrás
Responder para  Jonas

Amadurecer implica saber escolher as batalhas que se vai lutar, afinal não se pode ganhar todas.

João
João
1 mês atrás

Sinner ofensivo é infinitamente superior a Sinner defensivo
No entanto, de forma inexplicável, continua sendo extremamente defensivo em vários momentos do jogo as vezes dentro do mesmo set ou até game
Ontem perdeu um set para Rune
Hoje perdeu uma partida para Tripas
Em IW estava amassando o adversário e girou a chave para o modo defensivo e erratico, então levou uma surra brutal
Motivo é o mesmo, passa para a defensiva, dá chances ao adversário que pega confiança e se agiganta
Sinner ofensivo é espetacular, defensivo é um tenista medíocre como tantos outros que infestam o circuito
Em que momento ele e equipe vão perceber e mudar?

Última edição 1 mês atrás by João
Andrade
Andrade
1 mês atrás
Responder para  João

IW é quadra rápida. No saibro é totalmente diferente, o piso mais lento torna a partida mais cadenciada, com mais trocas, naturalmente o jogador precisa se defender mais porque não consegue definir os pontos tão rápido, como faz na quadra dura.

Ricardo Lessa Filho
Ricardo Lessa Filho
1 mês atrás
Responder para  João

No saibro ser sempre ofensivo é praticamente impossível. Ora, quais as razões de um Nadal ser o GOAT do saibro e não um Federer, cuja característica é, de modo indiscutível, muito mais ofensiva do que a do espanhol? No saibro a energia que se se gasta em cada jogada é muito maior do que em outros pisos, e por mais potência que se ponha na bolinha, ela não andará tanto e você sempre terá que bater uma bola a mais. O desgaste é inevitável, e é só vermos que o Sinner estava bem cansado a partir da metade do terceiro set, cansaço, inclusive, que foi decisivo para que ele levasse a virada do Tsitsipas.

Flávio
Flávio
1 mês atrás
Responder para  Ricardo Lessa Filho

Sinner hoje estava jogando muito com força e variando o jogo com qualidade, aí teve o azar da contusão no set. decisivo(4×2 a favor), aí o grego, também estava jogando bem, soube aproveitar e deu muita sorte, pois se o Sinner não sente a contusão o grego não venceria e se notava isso na sua frustração quando foi quebrado no inicio do terceiro set. Agora foram 2 grandes semifinais hoje, todos esperavam uma final Sinner x Djokovic que não deu, agora é Tsitsipas x Ruud que foi merecida também e espero que seja uma boa final amanhã.

Willian Rodrigues
Willian Rodrigues
1 mês atrás
Responder para  João

Prezado, eu acho muito legal que todos possam participar do fórum, opinar. Mas, por favor, acompanhe melhor os acontecimentos…. Sinner, nitidamente, se contundiu, sentiu algo, e por esse motivo, caiu de rendimento. Não houve uma mudança para o modo defensivo de forma espontânea como você está alegando. Abs

João
João
1 mês atrás
Responder para  Willian Rodrigues

Prezado, eu acho legal todos participar e acompanhar, mas por favor, acompanhe mais os acontecimentos. O que estou falando não é apenas no jogo de hoje. Ontem também, aliás, você ignorou essa parte do que escrevi? E a lesão veio depois que o jogo já poderia estar resolvido. Então por favor, acompanhe melhor os acontecimentos e se possível também leia e interprete o texto de forma COMPLETA e não apenas PARCIAL.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Stefanos tem méritos por permanecer positivo, mas a lesão do Jannik mudou completamente os rumos da partida!

Última edição 1 mês atrás by Fernando Venezian
marco de biasi
marco de biasi
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

esta certíssimo Fernando. Cada comentário deveria parar a avaliação de que foi feito até a lesão do Sinner. Depois da lesão perdeu 4 jogos seguidos. Sem falar da bobagem do juiz de cadeira que não viu uma dupla falta de Stefanos que daria o 4 a 1 para Sinner

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás
Responder para  marco de biasi

Nossa, Marco, aquela dupla falta saiu meio metro! Os jogadores estão reclamando com razão! Os árbitros estão precisando consultar com o oculista

Yuri Barrozo
Yuri Barrozo
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

Mesma coisa na sexta com o Rune, teve uma bola que obviamente tinha saído e o cara pediu pra repetir o ponto

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás
Responder para  Yuri Barrozo

Yuri, deveria ter o desafio eletrônico no saibro. Os árbitros estão errando muito

Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

Diante do fato evidente do problema físico ter prejudicado o Sinner, são sintomáticas as declarações do Tipas : “é preciso encontrar caminhos” , “estou extremamente orgulhoso … a forma como o superei e administrei essas situações (difíceis) foram incríveis”.

Estas declarações não surpreendem quem observa o ensimesmado Tipas, que vive muito dentro de si mesmo e percebe pouco o que acontece ao seu redor.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás
Responder para  Marcos Ribeiro

Marcos, ele mandou essa? Ele tava levando uma coça até a lesão do italiano. Stefanos é mala demais

Gustavo Luis
Gustavo Luis
1 mês atrás

Fora a lesão, ainda teve uma chamada ridículo da arbitragem em um saque fora do grego que seria dupla-falta e Sinner faria 5×2 no 3 set

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Independente do machucado, já havia perdido o 1o.set, se fosse tão bom , ganhava em dois sets. Ainda bem que depois da aposentadoria dos BIG 3, teremos além de Alcaraz e Sinner, mais um Tsitsipas, um Ruud, um Rune um Medlevedev, etc… briga vai ser boa entre uns 5 ou 6.

Alcaraz e sinner os melhores da história
Alcaraz e sinner os melhores da história
1 mês atrás

Pelo menos sinner mostrou que vai ser jogador de saibro ,mais ainda que o maior da última geração Federer,hj ele perdeu pela falta de experiência no saibro coisa q ele nunca teve ,tsisipas jogou muito sim e é favorito pra final ,porém faltou coragem para sinner continuar jogando oque estava ,do Nadal ele parou de atacar,faltou experiência

Luiz Henrique
Luiz Henrique
1 mês atrás

Se a final for contra Djoko, será o jogo do tricampeonato, os 2 buscam o tri

Marcelo Reis
Marcelo Reis
1 mês atrás

Acho que isso “facilitou” para o Djokovic, caso ele passe para a final. Entendo que o Tsitsipas tem mais buracos no jogo do que o Sinner, ao menos atualmente. Caso o Sinner tivesse passado, aí seria mais parelho. Posso até errar, mas é o que sinto. A ver … !

Última edição 1 mês atrás by Marcelo Reis
João Lima
João Lima
1 mês atrás

Resultado normal, deu a lógica, venceu o BI Campeão, o grego se dá bem nesse piso e ainda mais em MC.

Fabio Barreto
Fabio Barreto
1 mês atrás

Sinner foi garfado, simples assim esse jogo não valeu

Adriano Veiga
Adriano Veiga
1 mês atrás

Sinner foi roub@d0!
Era 4×1 e saque pra fechar o jogo…
Só no saibro mesmo..

Edson
Edson
1 mês atrás

Estou começando a ficar com dúvidas q alcaraz e sinner vão dominar o circuito sozinhos, pois tão cedo já estão com problemas físicos, e outra , vivem de pancadas, e o restante do circuito já estão se preparando para isto, tanto que a doença do grego ganhou, infelizmente vamos ter uma final sem brilho, já que djocko TB já demonstra falta de interesse, sem motivação, chegou a hora da mulecada se matarem. ..

Fabio Barreto
Fabio Barreto
1 mês atrás

Esse master de MC não vale mais nada. Medvedev roubado, Sinner garfado de maneira ridícula. Foi o vencedor contra Tsipas mas não levou. Pra mim não dá mais assistir tenis sem marcação eletrônica. Fim de uma época. Juizes de cadeira medrosos não querem desautorizar os de linha e deu nisso que vimos.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE