PLACAR

Tsitsipas sonha com medalha olímpica e primeiro Slam

e|motion/Bildagentur Zolles KG/Christian Hofer

Abu Dhabi (EAU) – Duas vezes vice-campeão de Grand Slam, em Roland Garros 2021 e no Australian Open 2023, o grego Stefanos Tsitsipas ainda persegue o seu primeiro título deste gabarito. Aos 25 anos, o atual número 6 do mundo reforça que as metas para 2024 visam não apenas um troféu inédito de Slam como também uma medalha olímpica nos Jogos de Paris, mas que para isso deverá ficar longe das lesões.

“Quero obviamente trazer uma medalha olímpica de volta ao meu país, esse é um objetivo meu. Também quero ganhar um título de Grand Slam. Com certeza, para poder fazer essas coisas, preciso estar saudável, porque houve um momento nesta temporada em que certas circunstâncias não me permitiram desempenhar em 100%. Só espero não ficar tão limitado e explorar mais em 2024”, destacou o grego ao The National.

Com isso, Tsitsipas tentará ser o quarto tenista do seu país a subir ao pódio dos Jogos Olímpicos. Em Atenas-1896, na primeira edição do evento na Era Moderna, Dionysios Kasdaglis ficou com a prata nas simples e duplas masculinas, ao lado de Demetrios Petrokokkinos. Já Konstantinos Paspatis ficou com o bronze na prova individual.

Sobre o problema nas costas que o fez desistir do ATP Finals, em novembro, Tsitsipas revelou que a recuperação  atrapalhou boa parte de sua pré-temporada e que foi o motivo de jogar somente partidas de duplas na World Tennis League, na última semana em Abu Dhabi, para tentar se preservar para o início de 2024.

“Não consegui fazer a preparação que eu realmente precisava. No entanto, tive bons momentos com minha família e passei algumas semanas tentando encontrar uma solução para tudo isso. Acho que valeu a pena passar vários dias seguidos na reabilitação e me comprometer com o processo de cura absoluta”, explicou.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Não sou um robô
Não sou um robô
1 mês atrás

Chances 0 dele ganhar.
Vai terminar a carreira com uns 20×0 no H2H contra Alcaraz, e ainda tem Sinner, Zverev, Medvedev, etc.
Masters1000 vai ganhar alguns, mas GS e Olimpíadas, sem chance

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Falar é fácil demais, né! Normalmente aqueles que se metem a fazer previsões olham o que aconteceu no passado e fazem projeções bem óbvias para o futuro. Então, neste momento, fazer previsão que o Tsitsipas nunca irá ganhar um grand slam é fácil demais. Pra ganhar um grand slam, acho que o Tsitsipas precisa melhorar muito tanto na parte técnica como na mental. Se ele conseguir evoluir, acho que terá chances sim. Ele está com 25 anos e pode ainda alcançar objetivos maiores na carreira. Por enquanto, penso que está um pouco distante do nível necessário para ganhar um grand slam.

Flávio
Flávio
1 mês atrás

Carlos até concordo,porque o grego precisa focar na carreira pois tem um tênis vistoso,mas pra isso é necessário descolar um pouco das costas da BADOSA, que não quer mais nada com a carreira.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE