PLACAR

Tsitsipas: “Eu precisava muito de uma semana como essa”

Foto: Rolex Monte-Carlo Masters

Monte Carlo (Mônaco) – Finalista de Grand Slam, campeão de ATP Finals, vencedor de Masters 1000. Embora Stefanos Tsitsipas tenha um currículo de respeito, é inegável que o grego não vinha desempenhando o seu melhor tênis há algum tempo. Com apenas uma semifinal no ano e algumas eliminações precoces, ele foi bastante questionado nos últimos meses sem conseguir emplacar uma boa campanha em alto nível.

Diante dessa situação, nada melhor do que um título no torneio onde se sente em casa para recuperar a boa forma e a confiança. Segundo o próprio jogador de 25 anos, o triunfo em Monte Carlo, onde levantou o troféu em três das últimas quatro temporadas, foi fundamental para reergue-lo emocionalmente.

“Eu precisava muito de uma semana como essa, principalmente depois dos meses difíceis que passei do último semestre de 2023 até agora. Não tem sido o melhor momento em termos de onde eu queria estar, então voltar aqui e ganhar o título é algo que eu definitivamente não almejava e veio naturalmente. Ganhar este torneio três vezes é algo que eu nunca teria imaginado, mesmo quando o conquistei pela primeira vez. É algo que vou valorizar e aproveitar ao máximo esse momento”, disse na coletiva de imprensa após a partida.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Entusiasmado com o tricampeonato no saibro monegasco, Tsitsipas comparou sua campanha com as duas anteriores e acredita que foi nesta edição que apresentou seu melhor desempenho, principalmente pelo fato de ter eliminado Jannik Sinner na semifinal.

“Se eu tivesse que comparar meu nível de tênis com as duas últimas vezes que ganhei aqui, provavelmente diria que desta vez foi a melhor, joguei um tênis incrível. Venci a primeira vez aqui sem perder um set, mas não foi minha melhor performance exatamente. Agora enfrentei um adversário na semifinal que é um tenista de nível mundial que se recusou a perder para qualquer um, e ele está em uma sequência muito boa. Superar esse obstáculo é definitivamente um sinal de que meu tênis está progredindo”, explicou.

Tsitsipas também valorizou o seu oponente na decisão, o norueguês Casper Ruud, conhecido por ser um grande jogador de saibro. “Ele é um jogador muito bom em quadra de saibro, e mostrou isso ao jogar duas finais de Roland Garros. Isso é mais um sinal de que estou lá e da consistência mostrando, e definitivamente sou capaz de grandes coisas. Só preciso manter a mente aberta e continuar melhorando”, completou.

Ao analisar partida deste domingo, o tricampeão destacou a mentalidade que levou para a segunda parcial depois de aplicar um 6/1. “Eu não diria que hoje foi uma partida fácil. O primeiro set pode ter mostrado isso, mas na minha cabeça eu sabia que havia uma batalha ali. Eu sabia que ele não iria jogar pior do que no primeiro set e que também não seria fácil manter o meu nível. Tinha que estar atento aos movimentos e às mudanças táticas que meu adversário poderia impor. As coisas podem mudar muito rapidamente, então você tem que ter cuidado e manter a mente aberta para se ajustar e tentar coisas novas novamente.”

Para finalizar, Tsitsipas falou o seu próximo torneio, o ATP 500 de Barcelona, que começa já nesta segunda-feira. Para ele, caso Rafael Nadal esteja em condições físicas ideias não seria uma surpresa que o espanhol chegasse à decisão mais uma vez.

“Todos sabemos do que o Rafa é capaz e com que rapidez ele se adapta a uma das suas superfícies favoritas. Não ficaria surpreso se víssemos o Rafa na final de Barcelona, ​​porque isso é algo que ele tem feito repetidamente durante anos e anos. Em quadra as coisas parecem diferentes, porque você sente a bola dele. Quando você está observando, você só tem uma sensação visual, mas eu tenho todas as sensações habilitadas e ativadas quando tenho que enfrentá-lo. Acho que ele é o maior desafio no saibro”, apostou o grego.

8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Jogou muito bem, mas o erro bizarro da arbitragem contra o Jannik, deu uma tremenda ajuda! A bolinha saiu meio metro e o juiz deu boa! Poderia ter o desafio eletrônico no saibro, pois as marcações não estão sendo precisas! As reclamações estão sendo justas!

Albert
Albert
1 mês atrás

Realmente, mas tem q agradecer à umpire do jogo contra o Sinner.

Marcos Vinicius de Oliveira
Marcos Vinicius de Oliveira
1 mês atrás

Tsitsipas tem um belíssimo estilo de jogo. Tomara que volte a ganhar torneios.

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
1 mês atrás

a Badosa tá colocando o cara nos eixos de novo… ele nunca jogou tão bem… o amor é lindo

Flávio
Flávio
1 mês atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Que esta o que rapaz, você viaja demais porque ele estava colhendo péssimos resultados ao ficar perdendo sua carreia por causa da acomodada, BADOSA, que não joga nada, o que fez diferença é que ele treinou diferente para melhorar seus jogo, mas se ficar só deslumbrado com a Badosa, aí seu nível cai de novo.

SANDRO
SANDRO
1 mês atrás

Ganhar 3 MASTERS MIL de MONTE CARLO é um feito em tanto!!! Dentre os jogadores em atividade, somente NADAL tem mais títulos que TSITSIPAS em MONTE CARLO: DJOKOVIC tem 2 títulos, WAWRINKA:1, RUBLEV:1, MURRAY:ZERO, MEDVEDEV:ZERO, ZVEREV:ZERO, SINNER:ZERO, ALCARAZ:ZERO títulos em Monte Carlo… Vale ressaltar que TSITSIPAS ainda tem mais títulos também que Gustavo Kuerten (2 títulos) e FEDERER(ZERO títulos) em Monte Carlo… É um feito e tanto !!!

Silvino Junior
Silvino Junior
1 mês atrás

Tenho constatado/notado muitos bugs na página (Front end), sinceramente imagino q os editores e/ou até mesmo os acionistas (c é que tem) não importam muito com a qualidade na entrega para os clientes/usuário final, ao clicar na foto do Monteiro (noticiando a derrota) aparece a matéria do grego tsitsipas, erros na grafia, português, quebra de pág e responsividade de tela, que pena não se preocuparem c padrões como outras grande sites.
(Alinhar c os devs e Analistas de testes realizarem uma melhor cobertura)

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Silvino Junior

Olá, Silvino. Não sei exatamente o que seriam ‘bugs’ na home do site, já que não tem sido reportado qualquer problema. Se você puder relatar, agradeceria. No caso da chamada do Monteiro, houve efetivamente um engano momentâneo no link da nota, que foi rapidamente corrigido. Ainda que seja um erro que tentamos evitar a qualquer custo, eventualmente ocorre diante do grande volume de trabalho da redação, que se desdobra para dar a melhor cobertura nos vários assuntos. Por vezes, os jogos e informações relevantes se sobrepõem e causam falhas, mas temos revisão constante sobre todo o trabalho produzido e lutamos para reduzir ao extremo esses deslizes. Mas garanto que há total compromisso com qualidade, como sempre aconteceu em nossos longos 25 anos de atividade. Grato pelo ‘puxão de orelhas’!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE