PLACAR

Título praticamente assegura Bia nos Jogos de Paris

Foto: WTA Elite Trophy

Zhuhai (China) – A conquista do WTA Elite Trophy não apenas deixará a paulista Beatriz Haddad Maia bem perto da volta ao top 10, subindo para a 11ª colocação no ranking que será divulgado após o WTA Finals, mas também praticamente assegura a número 1 do Brasil nos Jogos Olímpicos de Paris em 2024.

Com o título em Zhuhai, a canhota paulista somou 700 pontos e vai chegar aos 2.855 no próximo ranking. Bia defende 1.686 pontos até o final de Roland Garros, quando será definida a classificação olímpica e mesmo se não somar nada de agora até lá, ela terá uma pontuação suficiente para entrar em Paris 2024.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Descontando todos os pontos que Bia faturou até o fim de Roland Garros, ainda sobram 1.169 para a paulista, que no momento seriam suficientes para deixa-lá no top 50, ocupando a 47ª colocação, que atualmente pertence à russa Mirra Andreeva, com seus 1.159 pontos.

Ao todo são 64 as classificadas para os Jogos de Paris, das quais 56 entram direto pelo ranking, contando com o limite de no máximo quatro por país. Por causa dessa limitação, além de eventuais desistências, a lista tende a chegar por volta do top 70, como foi nos Jogos de Londres em 2012, competição olímpica mais forte das últimas edições.

Em Londres, a última a entrar direto foi a então 70ª do mundo, a georgiana Anna Tatishvili. Nos Jogos do Rio não foi muito diferente e a última a entrar foi a turca Cagla Buyukakcay (77ª), mas em Tóquio, por causa da Covid-19 a lista rodou até a 109ª, a alemã Anna-Lena Friedsam.

Laura também já tem pontos suficientes

Campeã dos Jogos Pan-americanos de Santiago, a paulista Laura Pigossi está muito perto de poder competir pela segunda vez consecutiva nos Jogos Olímpicos. Medalhista de bronze em Tóquio nas duplas com Luisa Stefani, ela precisa figurar entre as 400 primeiras da WTA no ranking após Roland Garros para carimbar seu passaporte.

Atual 125 do mundo, Pigossi tem 578 pontos no momento e precisa praticamente de apenas 150 pontos para figurar no top 400. No último ranking, a sueca Kajsa Rinaldo Persson aparece na 400ª colocação com 147 pontos somados, algo que a paulista já tem garantido até a lista de Roland Garros.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE