PLACAR

Tiago Fernandes disputará torneio profissional em Maceió

Tiago Fernandes (Arquivo. Foto: João Pires)

Maceió (AL) – Após quase dez anos longe do tênis profissional, o alagoano Tiago Fernandes vai disputar novamente uma partida oficial. Convidado da organização, o alagoano de 31 anos estará no qualificatório do Maceió Summer Open de Tênis, evento da série M25 da ITF que acontecerá entre os dias 16 e 24 de março, no Jaraguá Tênis Clube, e faz parte do Circuito Banco BRB/ENGIE.

Em 2010, Fernandes fez história para o Brasil ao conquistar o título da chave juvenil do Australian Open e se tornar o primeiro jogador do país número 1 do mundo na ITF. Ele não jogava um torneio do circuito mundial desde maio de 2014 em um Future na Turquia.

Apesar do convite surpreendente, o alagoano fará apenas uma participação pontual no torneio, uma vez que sua cidade natal jamais recebeu um evento desta categoria e não realiza uma competição do circuito mundial desde 1992. Para isso ele vem treinando desde o final de 2023, visando buscar um bom desempenho também no clube onde ele e sua família são sócios.

“Estou bem feliz com o evento e o porte dele para nossa cidade. Fazia muitos anos que não recebíamos um torneio desses. Fiz um esforço grande para que nossa empresa (TPH Engenharia, Placic) ajudasse com patrocínio. Não era minha ideia inicial jogar, mas conversei bastante com o Gilson França (presidente da Federação Alagoana de Tênis) e no final do ano passado comecei a treinar”, revelou Fernandes.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Ainda segundo ele, a iniciativa de disputar somente o quali partiu dele próprio. “Ele [Gilson] me ofereceu um convite para a chave principal, mas não aceitei, pois tiraria a oportunidade de outro atleta que efetivamente estivesse com maior necessidade e com maiores chances de fazer um resultado melhor do que o meu”, explicou o atleta que deixou o circuito profissional muito jovem, aos 21 anos, por conta de lesões, e foi trabalhar como engenheiro civil.

“Minha expectativa é de disputar o quali, participar, terminar bem o jogo e dar um entretenimento também buscando que o evento tenha o maior sucesso. Tenho uma ótima relação com o clube. É onde eu treino e frequento desde minha infância”, frisou.

O Maceió Summer Open de Tênis será jogado sobre as quatro quadras de saibro cobertas do local e terá premiação total de US$ 25 mil, que equivale a cerca de R$ 125 mil. A lista oficial dos atletas será divulgada na próxima semana.

Para Gilson França, Tiago Fernandes é um ícone para o tênis alagoano e sua presença será um grande trunfo para o evento. “Ele levou o nome do estado para o mundo todo com suas façanhas e merecia uma homenagem como essa neste evento que é histórico para nossa capital. Estejamos bastantes atentos. Quem sabe ele não apronta uma e faz uma bagunça na chave? Talento ele tem de sobra”, disse o presidente da Federação Alagoana de Tênis.

11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jorge Luiz
1 mês atrás

Me lembro que após ganhar o AustralianOpen juvenil o Larry não deixou ele jogar a chave principal na Costa do Sauípe e não deixou ele disputar sua primeira final de Challenger de sua carreira em Recife, só porque havia disputado duas partidas no sábado, dia anterior a final, depois disso o alagoano nunca mais foi o mesmo e desistiu da carreira,se fosse meu filho eu teria mandado o Larry lamber sabão já quando o fez recusar o convite para o Brasil Open na Costa de Sauípe

Jose Carlos
Jose Carlos
1 mês atrás
Responder para  Jorge Luiz

um ser humano [supostamente] maior de idade que usa essa desculpinha infantil de que os “outros nao deixaram” ele fazer X ou Y nao foi nem jamais sera um ser humano adulto. Fim da história.

Jorge Luiz
1 mês atrás
Responder para  Jose Carlos

O Larry Passos era o seu treinador,por isso o impediu

Evandro
Evandro
1 mês atrás
Responder para  Jorge Luiz

Bom que até hj eu não soubesse.
Motivo a menos para ter me estressado todos esses anos. De qq forma, o Larry foi pro merecido ostracismo, talvez por essas e outras.

Wilbert Ferraz
Wilbert Ferraz
1 mês atrás

Lembro que a expectativa com o Tiago na época foi a mesma com o Fonseca agora, por isso sempre fico com um pé atrás com novos talentos. Mas na torcida para que com o João a história seja diferente.

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás

Está certo: vai curtir e se divertir, mal não há.

Andre Borges
Andre Borges
1 mês atrás

Se a gente parar pra pensar que na época todos diziam que da geração dele o bom mesmo era o Guilherme Clezar então a decisão dele de trabalhar como engenheiro foi a mais acertada.

Leandro Meneoli
Leandro Meneoli
1 mês atrás
Responder para  Andre Borges

kkkkkkkk

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
1 mês atrás

Era uma baita promessa que teve dificuldade no início como profissional e escolheu outro caminho. Uma pena. Esse retorno bem que poderia ser de verdade, mas será só isso mesmo pela matéria. De qualquer forma, um atrativo legal para o torneio

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás

Força Tiago Fernandes.

Evandro
Evandro
1 mês atrás

O que não falta é projeção para o tênis desse garoto. Se quiser voltar, é tempo. Basta querer. A Vidal não ficou 11 anos parada? E está aí no circuito.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE