PLACAR

Thiem escapa da derrota e vence de virada na Bélgica

Antuérpia (Bélgica) – A estreia de Dominic Thiem no ATP 250 da Antuérpia foi com vitória de virada. O austríaco chegou a ficar a dois pontos da eliminação contra o italiano de 20 anos Luca Nardi, 133º do ranking, mas conseguiu se recuperar e vencer por 3/6, 7/6 (9-7) e 6/3 em 2h27 de partida nesta terça-feira.

Ex-número 3 do mundo e vencedor do US Open em 2020, Thiem está com 30 anos e ocupa atualmente o 86º lugar do ranking. Ele enfrenta nas oitavas o alemão Yannick Hanfmann, 56º colocado, que derrotou o jovem belga de 18 anos Alexander Blockx, ex-número 1 juvenil e 646º do ranking profissional, por 6/4 e 7/6 (7-3).

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Depois de um primeiro set com apenas uma quebra, conquistada por Nardi já no fim da parcial, Thiem ficou em situação mais delicada quando perdeu o saque no início da segunda parcial. O italiano liderou por 3/2, mas cedeu o empate. Depois disso, os sacadores prevaleceram até o tiebreak e o austríaco precisou de cinco set-points para fechar. Mais confiante, Thiem conseguiu duas quebras no set decisivo e não enfrentou mais break-points.

Gasquet não passa da estreia, jovem francês encara Goffin
O experiente francês de 37 anos Richard Gasquet, sétimo cabeça de chave e 62º do ranking, foi eliminado na estreia pelo alemão Maximilian Marterer por 6/3 e 6/4. Marterer enfrenta nas oitavas o vencedor entre o português Nuno Borges e o alemão Dominik Koepfer.

Já o também francês Giovanni Mpetshi Perricard, de apenas 20 anos e vindo do quali, venceu o espanhol Roberto Carballes Baena por 0/6, 6/3 e 7/6 (7-4). Perricard é o atual 226º do ranking e enfrenta o belga David Goffin nas oitavas.

Ainda nesta terça-feira o peruano Juan Pablo Varillas confirmou a condição de cabeça 8 e venceu o húngaro Fabian Marozsan por 7/6 (9-7) e 6/4. Seu próximo rival ser´a o russo Alexander Shevchenko, algoz do francês Benjamin Bonzi por 6/7 (5-7), 7/6 (7-5) e 6/3.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE