PLACAR

Svitolina busca virada e acaba com festa de Raducanu

Foto: ASB Classic

Auckland (Nova Zelândia) – Em um dos duelos mais esperados desta quinta-feira no WTA 250 de Auckland, a ucraniana Elina Svitolina acabou com a festa da britânica Emma Raducanu e bateu a campeã do US Open de 2021 de virada, com parciais de 6/7 (5-7), 7/6 (7-3) e 6/1, depois de 2h49 de embate.

Cabeça de chave número 2, a ucraniana de 29 anos terá pela frente a tcheca Marie Bouzkova, que um dia antes havia carimbado sua vaga nas quartas de final ao arrasar a norte-americana Amanda Anisimova. As duas já se enfrentaram três vezes, Svitolina venceu duas e perdeu uma.

A partida contra Raducanu foi marcada por enorme equilíbrio nos dois primeiros sets e depois um domínio de Svitolina no terceiro. A ucraniana saiu atrás, perdendo a parcial inicial no tiebreak. A britânica chegou a abrir 5/1, foi quebrada nas duas vezes que sacou para fechar, mas se redimiu no tiebreaks e largou na frente.

O segundo set também foi decidido no desempate, depois de duas quebras para cada lado. Desta vez, foi Svitolina quem prevaleceu, empatando o jogo. A decisão foi para a terceira parcial, na qual Raducanu venceu só seis pontos com o saque e 15 no total, venceu apenas um game e acabou levando a virada.

Também se classificou para as quartas de final a croata Petra Martic, que derrubou a chinesa Yue Yuan com duplo 6/2, anotado em 1h14 de confronto. A sétima favorita medirá forças com a norte-americana Emma Navarro, quarta pré-classificada, contra quem tem um duelo e uma vitória (Cincinnati 2023).

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE