PLACAR

Sinner vence final de 3h e volta a bater Medvedev

Foto: Erste Bank Open

Viena (Áustria) – Assim como já havia acontecido na final de Pequim há pouco mais de três semanas, Jannik Sinner voltou a superar Daniil Medvedev e conquistou o título do ATP 500 de Viena, em quadras duras e cobertas. Em uma equilibrada disputa com 3h de duração, o italiano marcou as parciais de 7/6 (9-7), 4/6 e 6/2.

Esta foi a quarta final de ATP entre Medvedev e Sinner na temporada. O russo havia levado a melhor em Roterdã e Miami no primeiro semestre, enquanto o italiano ganhou as duas últimas. E apesar das duas derrotas recentes, Medvedev ainda lidera o histórico de confrontos por boa margem, 6 a 2.

Atual número 4 do mundo aos 22 anos, Sinner conquistou seu décimo título no circuito da ATP e disputou a 13ª final da carreira. Este ano, ele também havia vencido em Pequim, Toronto e Montpellier. Já o terceiro colocado Medvedev está com 27 anos e segue com 20 títulos de ATP. Ele disputou disputará sua 36ª final da carreira e já conquistou cinco troféus na temporada, mas não conseguiu defender o título na capital austríaca.

Sinner salvou set-points na primeira parcial e dominou no terceiro
O set inicial teve uma quebra para cada lado, com Medvedev chegando a liderar por 3/1. Sinner buscou o empate no sexto game e teve que fazer dois bons games de serviço quando perdia por 5/4 e 6/5, chegando a salvar um set-point antes do tiebreak. No desempate, o jovem italiano aproveitou a segunda chance que teve para fechar.

Medvedev reagiu no segundo set ao disparar oito aces e enfrentar apenas um break-point. Com pressão o tempo todo sobre o saque do italiano, criou sete chances de quebra na parcial e aproveitou duas delas para igualar a partida.

Já em um terceiro set marcado por games longos e com oportunidades para ambos os lados, Sinner conseguiu atacar o saque de Medvedev com maior frequência e criou incríveis 14 break-points para conseguir duas novas quebras e fechar o jogo.

Medvedev fez 13 a 5 nos aces, mas Sinner liderou a estatística de winners com folga por 36 a 28. Ele cometeu 22 erros, um a menos que o russo. A partida teve oito quebras de serviço, quatro para cada lado, e 29 break-points disputados.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE