PLACAR

Sinner destaca poder de reação após a virada nas oitavas

Foto: Corinne Dubreuil/FFT

Paris (França) – Classificado para as quartas de final do Roland Garros, Jannik Sinner destacou o poder de reação na partida deste domingo. Vindo de três vitórias em sets diretos, o italiano começou atrás no placar contra o francês Corentin Moutet. Depois de ver o rival abrir 5/0 no início do jogo e fechar o primeiro set, Sinner ainda ficou com quebra atrás na segunda parcial para só então assumir o controle da partida.

“Foi uma partida difícil para mim. Ele jogou muito bem no primeiro set. Tive algumas chances, mas ele jogou muito melhor que eu, então tive que me ajustar um pouco. Estou feliz com a forma como respondi. Eu estava com problemas, mas depois elevei meu nível. Digamos que hoje há lições com as quais posso aprender”, disse Sinner, após a vitória sobre Moutet por 2/6, 6/3, 6/2 e 6/1 em 2h41 de partida.

O número 2 do mundo destacou o estilo de jogo incomum do francês, que usa de muitos slices e curtinhas, além de muitas vezes surpreender os rivais com saques por baixo. “Ele joga diferente da maioria dos adversários e também é canhoto. Nós não jogamos tantas vezes contra canhotos, então fico feliz por ter vencido e estar na próxima rodada”.

Atuando na sessão noturna da quadra Philippe Chatrier, Sinner também falou sobre o ambiente do estádio. Como já era esperado, Moutet recebeu o apoio da maioria da torcida da casa, apesar de ter ouvido algumas vaias por conta de atitudes em quadra. Ele ressalta que o comportamento do público foi respeitoso. “Talvez de fora pareça diferente… Mas a torcida foi muito justa. Acho que seria estranho que todos estivessem aqui para me apoiar, mas é sempre um grande prazer e uma honra jogar na sessão noturna desta quadra tão especial. A atmosfera foi incrível”.

Duas vitórias para o número 1 e duelo com Dimitrov nas quartas

Sinner está a duas vitórias de se tornar o novo líder do ranking. O jovem de 22 anos precisa chegar à final de Roland Garros para chegar ao número 1 sem depender dos resultados de Novak Djokovic no torneio. E se o italiano chegar à semi e perder, já obriga o sérvio a ser campeão para manter a liderança. O número 1 pode vir ainda mais cedo para Sinner, caso Djokovic não seja finalista.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

O adversário de Sinner nas quartas será o búlgaro Grigor Dimitrov, número 10 do mundo, que mais cedo derrotou o polonês Hubert Hurkacz por 7/6 (7-5), 6/4 e 7/6 (7-3). O italiano lidera por 3 a 1 o histórico de confrontos contra o experiente rival de 33 anos. Na atual temporada, ele já derrotou Dimitrov na final do Masters 1000 de Miami.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gisele Matias
Gisele Matias
15 dias atrás

Acho que Sinner leva Roland Garros

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
14 dias atrás
Responder para  Gisele Matias

Também acho. É o que está jogando melhor.

Lee
Lee
15 dias atrás

Se acontecer de o Djokovic não vencer esse Roland Garros vai acontecer algo inédito que não acontecia desde 2003 um Big 3 não vencer nenhum dos dois primeiros Grand Slam do ano. Parece que a nova geração já está se iniciando de vez no tênis e a era Big 3 já está chegando ao fim. Pode ser que o Djokovic venha a ganhar Roland Garros ou Wimbledon mas percebe que sua intensidade de jogo já caiu muito comparado ao ano passado e dificilmente ele vai conseguir vencer Sinner ou Alcaraz.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE