PLACAR

Sinner destaca crescimento e espera seguir evoluindo

Foto: Juarez Santos

Miami (EUA) – Derrotado pelo australiano Christopher O’Connell no primeiro duelo entre eles, três anos atrás em Atlanta, o italiano Jannik Sinner teve a sua revanche na última terça-feira, quando superou o rival nas oitavas de final do Masters 1000 de Miami, anotando parciais de 6/4 e 6/3 para seguir em frente na competição. Após a partida, o cabeça de chave 2 do torneio comparou os dois embates.

“Quando você é mais jovem e chega ao circuito tudo é muito novo. Ao longo desses anos cresci fisicamente. Além disso, obviamente você cresce como pessoa e também como jogador. Acho que sou um jogador diferente agora do que era em 2021, mas sua cabeça ainda lembra que você perdeu aquele jogo, então é preciso ter muito cuidado”, comentou Sinner.

Também em 2021, o italiano foi finalista em Miami, em sua primeira decisão de Masters 1000, sendo derrotado pelo polonês Hubert Hurkacz em sets diretos. “Foi uma novidade para mim. Lembro que a chave estava abrindo um pouco e só aproveitei para chegar lá, então joguei minha primeira final neste local. Não consegui dormir na noite anterior à final porque era algo novo”, lembrou.

“Ainda assim foi uma ótima experiência, estou muito feliz por estar aqui novamente nas quartas. É um evento incrível, estou com ótimas sensações e espero poder mostrar um grande tênis. Também é interessante ver esse tipo de processo que estou passando, porque em 2021 eu era um jogador e agora sou outro. Espero que nos próximos quatro anos seja diferente novamente”, disse Sinner.

O italiano também falou sobre a importância de saber se adaptar às condições de cada partida para obter sucesso no circuito. “Também depende contra quem eu jogo. Hoje estava jogando contra o O’Connell que estava fazendo muitos slices, por exemplo. Eu estava empurrando ele bastante para o backhand e depois abrindo com o forehand. Então tentei fazer o oposto, empurrando forehand e depois backhand, mas não funcionou tão bem”, começou.

“Mas então você percebe que precisa se adaptar ao rival. Aqui é diferente das condições em Indian Wells. Amanhã será um desafio diferente, então tenho certeza que terei que me adaptar de forma diferente. Essa é a diversão do jogo, o tênis é assim”, completou Sinner, que nesta quarta-feira enfrentará o tcheco Tomas Machac por um lugar nas semifinais do torneio.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
3 meses atrás

Tá louco! Evoluir mais? O italiano já é completíssimo no estilo dele! Talvez só no jogo de rede precise de uma melhoria

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE