PLACAR

Sinner avança às oitavas e mantém invencibilidade no ano

Foto: Jared Wickerham/BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) – O início da temporada segue perfeito para Jannik Sinner, que marcou neste domingo sua 14ª vitória em 2024 e a 17ª seguida no circuito, contando também as três últimas do ano passado. O italiano garantiu vaga nas oitavas de final do Masters 1000 de Indian Wells depois de vencer o experiente alemão de 33 anos Jan-Lennard Struff, 25º do ranking, por 6/3 e 6/4 em 1h14 de partida.

Sinner não perde um jogo desde a decisão do ATP Finals contra Novak Djokovic em novembro. E desde então, já derrubou o sérvio duas vezes nessa sequência invicta, na Copa Davis e também na semifinal do Australian Open. Também campeão em Roterdã há três semanas, o jovem de 22 anos e atual número 3 do mundo também disputa nesta semana a vice-liderança do ranking com Carlos Alcaraz.

O adversário de Sinner nas oitavas em Indian Wells será o vencedor da partida entre o norte-americano Ben Shelton, 16º do ranking, e o argentino Francisco Cerúndolo, 22º colocado. O italiano tem uma vitória e uma derrota contra o canhoto Shelton, perdeu em Xangai e ganhou em Viena no ano passado. Já diante de Cerúndolo, são duas vitórias e duas derrotas.

Superado por Sinner neste domingo, Struff alcançou no ano passado sua primeira final de Masters 1000 em Madri e chegou ao melhor ranking da carreira no 21º lugar, mas ficou fora de Wimbledon e do US Open por lesão no quadril. O alemão buscava sua 13ª vitória contra top 10.

Com bom desempenho no saque, Sinner disparou sete aces na partida e não teve o serviço quebrado, apesar de ter enfrentado três break-points. O italiano liderou com folga a estatística de winners, por 27 a 13, e cometeu 10 erros não-forçados contra 16 do alemão.

Depois de salvar um break-point ainda em seu segundo game de serviço, Sinner aproveitou a única chance de quebra do primeiro set e saiu vencendo por 3/1, sustentando a vantagem até o fim do set. A segunda parcial começou com games rápidos e domínio dos sacadores até o 2/2. Só então, o italiano voltou a quebrar, e depois ainda escapou de um 15-40 antes de fechar o jogo.

 

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Osvaldo
Osvaldo
1 mês atrás

treme, Djokovic ! seu império acabou

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Essa é a torcida dos fãs do Federer e do Nadal mas, por enquanto, está um pouco distante de acontecer. Tenho certeza de que os mesmos torcedores que decretam com facilidade o fim do reinado do Djokovic, serão os primeiros a criticarem o Sinner se ele não mantiver essa boa fase por muito tempo.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
1 mês atrás

Esse é o desespero dos sofredores que torcem contra o sérvio. Já abandonaram o Alcaraz e a bola da vez é o Sinner.

Djoko já se consolidou como GOAT com boa margem, venceu a disputa dentro do Big 3 e tudo que vier agora é lucro.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
1 mês atrás

E antes eram Alcaretes.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE