PLACAR

Shelton e Norrie lideram a chave do ATP de Auckland

Ben Shelton (Foto: Mike Lawrence/USTA)

Auckland (Nova Zelândia) – O norte-americano Ben Shelton e o britânico Cameron Norrie serão os principais nomes do ATP 250 de Auckland, que acontece na próxima semana na Nova Zelândia. O atual campeão é o francês Richard Gasquet, que também está na chave.

Shelton entra diretamente nas oitavas e estreia contra o vencedor da partida entre o húngaro Fabian Marozsan e o francês Gael Monfils. O cabeça de chave mais próximo é o austríaco Sebastian Ofner, que estreia contra o canadense Denis Shapovalov. No mesmo quadrante estão os espanhóis Roberto Bautista Agut e Roberto Carballes Baena, que se enfrentam na primeira rodada.

+ Veja como ficou a chave do ATP 250 de Auckland

Ainda na parte de cima da chave, o argentino Francisco Cerúndolo é o cabeça 3 do evento e pode enfrentar o francês Benjamin Bonzi ou um tenista vindo do quali. Em seu quadrante também está o australiano Max Purcell, oitavo favorito, que enfrenta o convidado local Kiranpal Pannu. Quem passar pode enfrentar Aleksandar Vukic ou o japonês Taro Daniel.

Do outro lado da chave, Cameron Norrie ainda luta por um título inédito após os vice-campeonatos em 2019 e também no ano passado. O britânico espera o vencedor da partida entre o norte-americano J.J. Wolf e um tenista vindo do quali. Seu quadrante ainda tem o norte-americano Christopher Eubanks, cabeça 5, que enfrenta o holandês Botic van de Zandschulp na estreia.

O canadense Félix Auger-Aliassime, que foi poupado das partidas de simples da United Cup por lesão no joelho, é o quarto cabeça de chave e espera o vencedor entre o alemão Daniel Altmaier e o norte-americano Marcos Giron. Seu quadrante ainda tem o jovem francês de 19 anos Arthur Fils, cabeça 6, que desafia o compatriota Richard Gasquet na estreia. Quem vencer pode enfrentar o português Nuno Borges ou um jogador do quali.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE