PLACAR

Sakkari, Azarenka e Ostapenko estreiam com vitória

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) – Vindo de uma boa sequência de recuperação na temporada, com final em Indian Wells, quartas em Miami e semi em Charleston, a grega Maria Sakkari começou bem sua campanha no WTA 1000 de Madri. Sem grandes dificuldades, a atual número 6 do mundo derrotou a croata Donna Vekic 38ª colocada no ranking, pelo placar de 6/3 e 6/2 em 1h23 de partida.

Sakkari espera agora pela vencedora do duelo entre a belga Elise Mertens, cabeça de chave 28, e a norte-americana Sloane Stephens, que segue embalada após o título no saibro de Rouen na última semana e a vitória na estreia contra Martina Trevisan, em jogo com mais de três horas de duração.

Caso vença sua próxima partida, a grega de 28 anos pode cruzar o caminho de Beatriz Haddad Maia nas oitavas de final. Na terceira rodada, Bia medirá forças com a também norte-americana Emma Navarro, 19ª pré-inscrita da competição.

Azarenka vence e entra na rota de Swiatek

Ainda na parte de cima da chave, a bielorrussa Victoria Azarenka, vice-campeã do torneio em 2011 e 2012, foi mais uma a estrear com uma boa vitória. Enfrentando a alemã Tatjana Maria, Vika precisou de apenas 1h21 para anotar as parciais de 6/3 e 6/1. Ela agora enfrentará a espanhola Sara Sorribes, que surpreendeu a ucraniana Elina Svitolina, 16ª cabeça de chave, por 6/3 e 7/5.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Quem avançar deste duelo pode ter pela frente, nas oitavas de final, a número 1 do mundo, Iga Swiatek, que fará sua estreia no torneio ainda nesta quinta-feira contra a chinesa Xiyu Wang. Se confirmar o favoritismo, a polonesa vai encarar a romena Sorana Cirstea, que eliminou a filipina Alexandra Eala por 6/3, 6/7 (6-8) e 6/4.

Ostapenko vence em 66 minutos

Mais abaixo no mesmo quadrante, a letã Jelena Ostapenko não deu chances à anfitriã Jessica Bouzas, responsável pela eliminação da compatriota Paula Badosa na primeira rodada, e garantiu sua vaga na terceira fase ao anotar as parciais de 6/3 e 6/1 em rápida 1h06 de jogo. A campeã de Roland Garros em 2017 espera agora pela vencedora do duelo entre a argentina Maria Carlé e a russa Veronika Kudermetova.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE