PLACAR

Sakamoto tem final adiada, Leite e Boscardin avançam na Bolívia

Wilson Leite (Foto: João Pires/Fotojump)

Tucumán (Argentina) – A chegada de uma frente fria não permitiu a disputa da final do ITF de US$ 25 mil sobre o saibro de Tucumán neste domingo. Assim, o paulista Pedro Sakamoto terá de esperar mais um dia para enfrentar o cazaque Dmitry Popko e buscar o sexto título de nivel ITF de sua carreira e o primeiro desta temporada.

Os dois se enfrentaram duas vezes, em 2017 e 2019, e Popko levou a melhor em ambas. Com a campanha até agora, Sakamoto pode avançar do atual 335º para o 318º posto na lista que será divulgada no dia 11 de março. Em caso de título, acrescentará 10 posições. Sua mais alta classificação foi a 284ª, obtida em fevereiro de 2020.

Duas vitórias no quali de Santa Cruz
Dois dos quatro brasileiros que entraram em quadra neste domingo avançaram para a rodada final do qualificatório do challenger de Santa Cruz de La Sierra, no saibro boliviano.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Cabeça de chave número 9 da fase prévia do torneio e 576º do ranking mundial, o carioca Wilson Leite derrotou o convidado local Esteban Davila por 6/1 e 6/4 e decidirá uma vaga na chave principal contra o argentino Juan Bautista Torres, 412º colocado e segundo principal favorito do quali, que passou pelo também anfitrião Boris Arias.

Já no duelo 100% nacional do dia, o catarinense Pedro Boscardin, 451º do mundo, precisou disputar apenas três games contra o carioca Fernando Romboli, número 1.229 do ranking, que acabou se retirando da partida. O cabeça 5 agora medirá forças com o sétimo pré-classificado romeno Gabi Boitan, que ocupa a 534ª posição da ATP e aplicou duplo 6/0 no boliviano Carlos Medina.

Quem também não chegou nem ao final do primeiro set foi o paulista Marcelo Zormann, 947º, que abandonou quando perdia por 4/2 para o argentino Gonzalo Villanueva, 433º colocado.

A chave principal do challenger de Santa Cruz já tem três brasileiros garantidos. O cearense Thiago Monteiro é o principal favorito ao título e estreia contra o italiano Edoardo Lavagno, 239º do mundo, enquanto o paulista Matheus Pucinelli enfrenta o argentino Andrea Collarini, 284º colocado. Por fim, Sakamoto inicia campanha diante do italiano Marco Cecchinato, ex-número 16 do ranking e atualmente no 198º lugar.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Andre Borges
Andre Borges
1 mês atrás

Boscardin por desistência era o green mais certo da história.

Pedro Oliveira
Pedro Oliveira
1 mês atrás

Lista do quali rodou até o fim antes que digam que eles roubaram a vaga de alguém entrando no torneio

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE