PLACAR

Sabalenka tem Rybakina em seu grupo do Finals, Iga enfrenta Gauff

Divulgação/WTA

Cancún (México) – O sorteio dos grupos do WTA Finals acabou forçando encontros entre jogadoras de estilos parecidos. A competição entre as oito melhores jogadoras da temporada começa no próximo domingo, em Cancún. Será a segunda vez que o México recebe o evento, dois anos depois de uma edição em Guadalajara. Outro atrativo para a semana será a disputa pelo número 1 entre Aryna Sabalenka e Iga Swiatek.

Grupo Bacalar: Líder do ranking mundial, Sabalenka ficou no mesmo grupo de outras duas jogadoras de estilo agressivo e com muita potência nos golpes, especialmente o forehand, Elena Rybakina e Maria Sakkari. A chave ainda conta com Jessica Pegula, jogadora muito sólida dos dois lados.

Grupo Chetumal: Já a número 2 do mundo Iga Swiatek, que tem a bola pesada ao mesmo tempo em que tenta incorporar novos elementos em seu jogo, vai precisar encarar os slices e curtinhas de Ons Jabeur e Marketa Vondrousova. Outra advesária da polonesa será a norte-americana Coco Gauff, contra quem tem oito vitórias e apenas uma derrota. Elas estão no Grupo Chetumal.

Os confrontos da primeira fase Finals vão reeditar duas finais de Grand Slam desta temporada. Sabalenka e Rybakina decidiram o Australian Open e também o WTA 1000 de Indian Wells. Já Vondrousova e Jabeur foram finalistas de Wimbledon. Vale destacar que o confronto entre Swiatek e Gauff foi final de Roland Garros no ano passado.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

As oito tenistas da chave lutam por um título inédito. No ano passado, a campeã foi a francesa Caroline Garcia. E dois anos atrás, o troféu ficou com a espanhola Garbiñe Muguruza. As tenistas com mais experiência no Finals são Sabalenka, Swiatek e Sakkari, todas no terceiro ano. Jabeur, Gauff e Pegula jogam o evento pela segunda vez. Já as duas últimas campeãs de Wimbledon, Rybakina e Vondrousova são estreantes.

Rodadas de simples sempre começam às 19h
As sessões de simples sempre começam às 19h (de Brasília) com uma rodada dupla. As duas melhores de cada grupo se classificam para as semifinais. A final do torneio está marcada para o dia 5 de novembro, um domingo, às 21h (de Brasília), com a final de duplas mais cedo, às 18h30.

Gauff e Pegula enfrentam forte dupla tcheca


Também foram sorteadas as chaves de duplas, com direito a um jogaço logo de cara: As norte-americanas Coco Gauff e Jessica Pegula enfrentarão as tchecas Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova. Elas estão no Grupo Mahahual, que ainda tem as campeãs do US Open, a canadense Gabriela Dabrowski e a neozelandesa Erin Routliffe, e também a alemã Laura Siegemund e a russa Vera Zvonareva.

Já o Grupo Maya Ka’an é liderado pela australiana Storm Hunter e a belga Elise Mertens. Elas enfrentam as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara, além da parceria da australiana Ellen Perez com a norte-americana Nicole Melichar-Martinez, e a dupla entre a norte-americana Desirae Krawczyk e a holandesa Demi Schuurs.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE