PLACAR

Rybakina vence em três sets, Jabeur e Svitolina duelam

Foto: Tom Flathers/AELTC

Londres (Inglaterra) – Campeã de Wimbledon há duas temporadas, Elena Rybakina teve trabalho para vencer seu segundo jogo na competição. A atual número 4 do mundo precisou de três sets e 2h12 para vencer a alemã Laura Siegemund por 6/3, 3/6 e 6/3.

Rybakina passou por algumas oscilações nos games de serviço. A cazaque terminou a partida com cinco aces e três duplas faltas, enfrentou 13 break-points e permitiu três quebras. Mas depois de ter vencido o primeiro set com duas quebras e permitido a reação da rival, ela retomou o domínio da partida e não enfrentou break-points na parcial decisiva.

A adversária de Rybakina na terceira rodada virá da partida entre a dinamarquesa Caroline Wozniacki e a canadense Leylah Fernandez. A cazaque ainda não enfrentou Wozniacki, ex-número 1 e atual 91ª do ranking aos 33 anos, e venceu o único duelo anterior contra Fernandez, este ano em Doha.

Jabeur tenta manter ótimo histórico na grama

Quem também avançou à terceira rodada foi Ons Jabeur, finalista das duas últimas edições. A tunisiana superou a norte-americana Robin Montgomery, canhota de 19 anos e 161ª do ranking, com parciais de 6/1 e 7/5. Atual número 10 do mundo aos 29 anos, Jabeur mantém o sonho de uma conquista inédita em Grand Slam, especialmente em Wimbledon.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Na próxima rodada, Jabeur enfrenta a ucraniana Elina Svitolina, 21ª do ranking e semifinalista no ano passado, que derrotou a alemã Jule Niemeier, 90ª colocada. Svitolina lidera o histórico de confrontos contra a tunisiana por 3 a 1. Elas não se enfrentam desde 2021, antes da ucraniana anunciar uma pausa na carreira por conta da gravidez.

Ostapenko também avança em Wimbledon

Outra campeã de Grand Slam garantida na terceira rodada é Jelena Ostapenko, 14ª do mundo, que bateu a ucraniana Daria Snigur por 6/3 e 6/0. Campeã de Roland Garros em 2017 e semifinalista de Wimbledon no ano passado, Ostapenko enfrenta a norte-americana Bernarda Pera, 97ª do ranking, que derrotou a francesa Caroline Garcia com parciais de 3/6, 6/3 e 6/4.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE