PLACAR

Romboli leva virada e fica com o vice em Sevilha

Foto: LX Copa Sevilla

Sevilha (Espanha) – Não deu para o brasileiro Fernando Romboli na final do challenger de Sevilha. Jogando ao lado do indiano N.Sriram Balaji, ele até largou na frente, mas acabou levando a vitória dos tenistas da casa Alberto Barroso e Pedro Martinez, que fecharam o jogo com parciais de 3/6, 7/6 (7-5) e 11-9, depois de 1h53 de partida.

Aos 34 anos, Romboli é o atual 134º do ranking entre os especialistas em duplas e tem como melhor marca da carreira o 88º lugar. Ele não defende pontos nesta semana e soma 75 por chegar à final, o que o coloca entre os 120 melhores do mundo. Os vice-campeões dividem uma premiação de 4.900 euros e os campeões 8.420 euros.

O brasileiro e o indiano perderam os dois primeiros games do jogo e por pouco não levaram outra quebra no quinto, salvando dois break-points. Depois disso, eles deslancharam na parcial, anotaram duas quebras consecutivas e saíram de 1/3 para fazer 6/3 e assim faturar o set inicial.

Na segunda parcial, Romboli e Balaji perderam um break-point no sétimo game, salvaram dois no décimo e mais três no 12º para ver a decisão no tiebreak, em que levaram a pior por 7-5. Veio o match-tiebreak decisivo e os tenistas da casa foram melhores, não cederam match-points e selaram a virada na segunda chance que tiveram.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE