PLACAR

Romboli cai ainda na estreia de duplas em Oeiras

Foto: Luiz Candido/CBT

Oeiras (Portugal) – Único brasileiro na disputa do challenger de Oeiras, torneio português em quadras duras e cobertas, Fernando Romboli foi eliminado ainda na estreia da chave de duplas. Romboli e o francês Kenny De Schepper perderam nesta quarta-feira para os britânicos Jay Clarke e Marcus Willis, cabeças 3 do evento, por 7/5 e 6/4.

Próximo de completar 35 anos, Romboli é o atual 104º no ranking entre os especialistas em duplas no circuito. Ele tem como melhor marca da carreira a 88ª posição, alcançada em julho de 2022. Na temporada passada, ele venceu dois challengers e esteve em outras seis finais. O tenista nascido no Rio de Janeiro e radicado em Santos, mora atualmente em Portugal para ter menos gastos com viagens nos torneios e também relatou não ter uma base fixa de treinamento.

Entre os algozes da dupla do brasileiro, Marcus Willis se notabilizou por uma campanha feita na grama de Wimbledon em 2016. Ocupando na época apenas o 772º lugar da ATP britânico precisou passar pelo pré-quali e também pelo quali, venceu nomes como Andrey Rublev e Daniil Medvedev que ainda eram muito jovens e só parou em Roger Federer na segunda rodada. Atualmente com 33 anos e jogando apenas duplas, ocupa o 165º lugar do ranking.

Gutierrez cai na estreia em Luxemburgo
O gaúcho Oscar Gutierrez foi eliminado na estreia do ITF M25 de Esch-Alzette, em quadras duras e cobertas de Luxemburgo. Depois de ter passado pelo quali, o experiente jogador de 30 anos e 856º da ATP perdeu na primeira rodada da chave principal para o belga de 18 anos Kylian Collignon por 6/3, 0/6 e 6/2. Casado com a também tenista Rebeka Masarova, 65ª da WTA, Gutierrez fixou residência na Espanha.

Leia mais: 

Romboli abre agência de viagens para ajudar nos gastos

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Chico
Chico
5 meses atrás

Caramba, duas figuras de quem não ouvia falar há tempos, achei até que não jogassem mais. Kenny de Schepper foi top 100 e estava sempre nos Slams lá por 2013, 2014. E o Willis protagonizou aquela história surreal em 2016!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a disputada final de Halle entre Sinner e Hurkacz

Paul domina grama e ergue seu maior troféu em Queen's

PUBLICIDADE