PLACAR

Reyes supera o cabeça 3 na Argentina e joga 1ª semi do ano

Mateo Reyes (Foto: João Pires/Fotojump)

Trelew (Argentina) – A semana de Mateo Reyes no ITF M25 de Trelew, em quadras duras e cobertas na Argentina. O catarinense de 23 anos e 739º do ranking superou o o argentino Matias Descotte, cabeça 3 do torneio e 567º colocado, por 6/3 e 6/4.

Reyes está com o melhor ranking da carreira e disputa uma semifinal pela primeira vez na temporada. Nas duas últimas semanas, chegou às quartas em dois torneios na Colômbia. Também na atual temporada, venceu o primeiro jogo de challenger em Florianópolis. Ele agora busca uma final inédita no circuito profissional da ITF.

Cabeça 6 em Trelew, Reyes enfrentará o chileno Matias Soto, principal cabeça de chave do torneio, que derrotou o compatriota Daniel Antonio Nunez também por 6/3 e 6/4.

Pelo mesmo torneio, Joaquim Almeida está na final de duplas, ao lado do argentino Thiago Cigarran. Eles venceram nesta sexta-feira os anfitriões Valentin Basel e Tomas Farjat por 6/3 e 6/2 e enfrentam os também argentinos Fernando Cavallo e Manuel Mouilleron Salvo. Canhoto de 22 anos, Almeida busca seu segundo ITF nas duplas.

Lorenzo Esquici para nas oitavas no México

O mato-grossense de 20 anos Lorenzo Esquici, 1.786º do ranking, foi eliminado nas oitavas do ITF M15 de Villahermosa, em quadras duras e cobertas no México. Depois de passar pelo quali e ainda vencer um jogo da chave principal, ele foi superado pelo cabeça 3 local Ernesto Escobedo, 473º do mundo, que marcou um duplo 6/1 no fim de noite de quinta-feira.

Gutierrez e Sidney jogam final de duplas

O gaúcho Oscar Gutierrez e o paranaense Gabriel Sidney estão na final de duplas do ITF M25 de Valldoreix, em quadras de saibro na Espanha. Os brasileiros venceram os portugueses Gonçalo Falcão e Francisco Rocha por 6/1, 6/7 (5-7) e 10-5. Os adversários na final serão os italianos Gianmarco Ferrari e Augusto Virgili. Aos 31 anos, Gutierrez acumula 16 títulos de duplas na carreira. Já Sidney, de 27 anos, tem nove conquistas no circuito e busca o segundo troféu do ano.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
17 dias atrás

Boa Mateo. Bora buscar sua primeira final na carreira. Mas a parada é duríssima. Soto evoluiu demais este ano, fez final de Challenger e está com o melhor ranking, em torno de 420 do mundo

Lucas Miranda Faria
Lucas Miranda Faria
17 dias atrás
Responder para  Guilherme Ribeiro

Na verdade, ele: é nascido; no: Equador… porém: naturalizou-se brasileiro!!!!!

Marcos Souza
Marcos Souza
17 dias atrás

Esse rapaz evoluiu muito neste ano. Torço por ele.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE