PLACAR

Raducanu se isola para treinar em cidade natal da mãe

Shenyang (China) – Depois de operar para tentar resolver as inúmeras e graves lesões que vinha atrapalhando não apenas seu desempenho no circuito, mas também o desenvolvimento, a britânica Emma Raducanu resolveu retomar os treinos longe dos holofotes.

Tentando se afastar do circo midiático, a britânica de 20 anos, campeã do US Open de 2021, voltou às origens e foi treinar em Shenyang, cidade natal de sua mãe, localizada no Noroeste chinês, onde retomou os treinos em quadra.

Atual 186 do mundo, a jovem tenista não conseguiu manter o alto nível que mostrou na conquista de seu primeiro, e até então único, título de Grand Slam. Na atual temporada ela disputou somente 10 partidas, com cinco vitórias e cinco derrotas.

Raducanu não compete desde o WTA 500 de Stuttgart, onde não passou da estreia, perdendo para a letã Jelena Ostapenko em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/1. Depois disso ela resolveu operar para corrigir problemas nas mãos e tornozelo, voltando a bater bola há poucas semanas, no começo de agosto.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE