PLACAR

Putintseva impõe mais um vice a Tomljanovic e vence 3º WTA

Yulia Putintseva (Foto: LTA)

Birmingham (Inglaterra) – Apesar da grande expectativa de Ajla Tomljanovic, que disputou sua quinta final no circuito, o título do WTA 250 de Birmingham ficou com Yulia Putintseva. A cazaque de 29 anos e 41º do mundo conquistou o torneio em quadras de grama depois de vencer a australiana na final deste domingo por 6/1 e 7/6 (10-8) em 1h27 de partida.

Este é o terceiro título de WTA na carreira de Putintseva, que havia vencido dois torneios no saibro, o primeiro em Nuremberg em 2019 e o segundo em Budapeste em 2021. Ela também esteve em outras três finais no circuito e tem como melhor ranking da carreira o 27º lugar.

“Não não esperava nada disso. É ótimo e confuso, porque sempre fui boa no saibro, mas de repente, estou boa na grama também”, disse Putintseva na cerimônia de premiação. “Estou muito feliz e tomara que eu consiga novas conquistas inesperadas pela frente!”

“Foi um ótimo jogo. Comecei muito bem, e então Ajla aumentou seu nível. Ela estava jogando um tênis incrível e não me dando tempo para pensar ou fazer algo. O jogo estava equilibrado, mas no final tive um pouco mais de sorte. É ótimo ver você de volta depois de tudo que passou, com tantas lesões”, acrescentou a cazaque, dirigindo-se à adversária. “Vocês merecia este título tanto quanto eu. Hoje eu estava mais forte, mas espero que tenhamos muito mais finais por vir”.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já Tomljanovic ainda segue em busca de seu primeiro título de um WTA 250. Esta foi sua primeira final desde 2019. Ex-número 32 do mundo, a australiana operou o joelho no início do ano passado e só voltou a jogar em agosto, terminando a última temporada com um título no Brasil, ao vencer um torneio da série 125 em Florianópolis.

O primeiro set da final foi amplamente dominando por Putintseva, que conseguiu três quebras e não enfrentou break-points. A cazaque cedeu apenas um ponto em seus games de serviço na parcial. Ela também saiu na frente no segundo set e abriu 2/0, mas Tomljanovic devolveu a quebra e ganhou confiança. A australiana virou para 5/3, mas não aproveitou seus dois set-points, permitindo que Putintseva vencesse um equilibrado tiebreak para fechar o jogo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE